Notícias

Entidade ambientalista faz alerta sobre a poluição dos oceanos em 2020 por mascarás

Cerca de 1,5 bilhão de máscaras usadas por pessoas durante a pandemia coronavírus pararam nos oceanos em 2020. Com isso, algo entre 4.680 e 6.240 toneladas dos resíduos estão poluindo os mares.

De acordo com um relatório, as máscaras podem levar até 450 anos para se decompor, transformando-se gradualmente em micro plásticos, ao mesmo tempo em que têm um impacto profundamente negativo na vida selvagem e nos ecossistemas marinhos.

O documento, publicado pela entidade ambientalista OceansAsia, usou uma estimativa de produção global de 52 bilhões de máscaras feitas em 2020, sendo que, numa projeção conservadora, 3% delas foram parar no mar.

O consumo de plástico tem aumentado constantemente durante anos e tem registrado um aumento significativo em 2020 devido à pandemia.

“Preocupações com a higiene e a maior dependência de alimentos para viagem levaram ao aumento do uso de plásticos, principalmente embalagens plásticas. Enquanto isso, uma série de medidas destinadas a reduzir o consumo de plástico, como proibições de sacolas plásticas descartáveis, foram adiadas, pausadas ou revertidas”, disse Gary Stokes, diretor de Operações da OceansAsia, citado pelo site “Unilad”.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo