Notícias

Relatório do TSE aponta doação de R$ 77,5 mi por beneficiários de auxílios sociais

Um relatório elaborado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) indica que 91,5 mil beneficiários de auxílios como o emergencial de R$ 600 e o Bolsa Família estão entre doadores de campanhas eleitorais. Dados referentes às eleições municipais deste ano apontam que valores doados chegam a R$ 77,5 milhões.

De acordo com o G1 e a TV Globo, o levantamento foi concluído no último dia 16 pelo Núcleo de Inteligência da Justiça Eleitoral, após cruzamento de banco de dados que reúne ainda informações de seis órgãos federais. Entre eles, Receita Federal, Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) e Ministério Público Eleitoral (MPE).

As análises realizadas pelos técnicos identificaram também 221.355 casos de indícios de irregularidades em gastos de campanha que somam R$ 954.7 milhões. Além disso, foram observados 27.576 doadores de uma mesma empresa para um determinado candidato, envolvendo R$ 37 milhões; 34 pessoas que aparecem no Sistema de Controle de Óbitos como doadoras de R$ 47,9 mil; 3.773 doadores com renda incompatível ao valor repassado, envolvidas em doações que somam R$ 32,8 milhões; 4.865 fornecedores sem registro na Receita Federal ou na Junta Comercial que receberam R$ 5,6 milhões; 4.590 doações de pessoas sem emprego formal da ordem de R$ 18,1 milhões; e 45.780 fornecedores que têm no quadro societário pessoas beneficiárias do Bolsa Família.

As informações do levantamento podem dar início a investigações e ser usadas no julgamento de contas eleitorais dos candidatos. Em caso de confirmadas as irregularidades, os candidatos eleitos podem ter seus mandatos questionados na Justiça.

Informações do Bahia.Ba

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo