Notícias

Juazeiro: Operação cumpre 4 mandados de prisão temporária e 14 de busca e apreensão

Quatro mandados de prisão temporária e 14 de busca e apreensão são cumpridos na manhã desta quarta-feira (16) em residências, empresas e órgãos públicos de Juazeiro, no Sertão do São Francisco, e na cidade vizinha de Petrolina (PE). As ações fazem parte da Operação Efeitos Adversos que apura o envolvimento de empresas de mesmo grupo familiar em fraudes em licitações destinadas à compra de medicamentos.

Segundo a Controladoria-Geral da União (CGU), que atua em parceria com a Polícia Federal (PF), as empresas investigadas se sagravam vencedoras dos certames e promoviam o desvio de recursos de diversos programas federais direcionados à aquisição de medicamentos em Juazeiro. Ainda segundo a CGU, as irregularidades em Juazeiro foram identificadas em 2019. Pelo que se apurou, empresas de um mesmo grupo familiar concorriam entre si nas licitações para compra de remédios, minimizando a competitividade e ofertando produtos com valores acima dos preços de referência para aquisições públicas, o que gerava pagamentos superfaturados.

Ainda segundo a CGU, as empresas firmaram, juntas, contratos com 28 municípios baianos, entre 2013 e 2018. A estimativa é que elas receberam no período cerca de R$ 34 milhões. Desses municípios, três foram objeto de fiscalização da CGU. Também foi constatada a contratação das empresas pela prefeitura de Petrolina (PE), objeto de fiscalização da CGU, em 2017, no âmbito do quarto ciclo do Programa de Fiscalização de Entes Federativos (4º FEF). Cerca de 60 policiais federais e de nove auditores da CGU participam das ações.

Com informações do Bahia Notícias

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo