Notícias

PF prende duas desembargadoras em mais uma fase da Operação Faroeste

A Polícia Federal deflagrou nesta segunda-feira (14) as 6ª e 7ª fases da Operação Faroeste, destinada à desarticulação de esquema criminoso voltado à venda de decisões judiciais por juízes e desembargadores do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJBA). A força-tarefa investiga também a participação de integrantes de outros poderes, responsáveis pela blindagem institucional do conluio.

São investigados possíveis crimes de corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro, evasão de divisas, organização criminosa e tráfico de influência.

Como o procedimento está sob segredo de Justiça, não foram divulgados os nomes dos alvos da operação de hoje.

A operação atende à decisão do ministro Og Fernandes, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), por solicitação da subprocuradora-geral da República Lindôra Araújo. “O conjunto probatório colacionado aos autos revela a suposta existência de uma engrenagem judicial criminosa no seio do Tribunal de Justiça baiano, que possui a venda de decisões como mercadoria para o enriquecimento ilícito em escala geométrica”, salientou o ministro na decisão.

Com informações do Jornal Metrópole

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo