Notícias

Menina negra que teve foto encoberta em propaganda de escola faz acompanhamento psicológico, diz advogado

A menina negra de 10 anos que foi tampada em uma propaganda nas redes sociais da escola, em Jundiaí (SP), está abalada com a situação e faz acompanhamento psicológico. O caso é investigado pelo 7º Distrito Policial, que abriu um inquérito para ouvir a família e a unidade de ensino,

Segundo o advogado da família, Anderson Dario, a mãe da estudante prestou esclarecimentos à polícia e representantes da escola devem também ser intimados. A menina, contudo, termina o ano na unidade e será transferida em 2021.

“A criança ficou chateada com tudo isso e os pais estão fazendo esse acompanhamento em psicólogo”, explicou.

De acordo com o delegado Antônio Dota Júnior, no boletim de ocorrência, o pai da aluna relatou no plantão policial que estava na casa de amigos quando a filha viu a publicação no perfil do Colégio Domus Sapiens na rede social.

O anúncio publicitário tinha quatro meninas, sendo três brancas e a garota negra. Na arte, havia o texto “Importante na escola não é só estudar, é também criar laços de amizade e convivência – Paulo Freire”.

Segundo o pai, a família recebeu mensagens de indignação pela publicação. No entanto, a escola foi informada pelos parentes da aluna e a publicação foi retirada. Uma nova foto foi repostada sem a arte e com todas as meninas.

Com Informações do G1

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo