Notícias

Vereadores rejeitam reduzir próprios salários e mantêm remuneração de R$ 12 mil

Vereadores da cidade de Paulo Afonso derrubaram, por 11 votos a 1, duas propostas para a redução de salários dos políticos locais. A medida, que entraria em vigor a partir de 2021, valeria tanto para quem ocupa postos no Executivo quanto o Legislativo locais. As proposições foram apresentadas pelos vereadores Mário Galinho (Solidariedade) e Marconi Daniel (Podemos).
A sessão que rejeitou os textos que previa a redução salarial foi realizada na segunda-feira (30).
O único vereador favorável à redução nos contracheques foi Bero do Jardim Bahia (PSB). Pelas propostas de Galinho e Daniel, o salário do prefeito, por exemplo, baixaria de R$ 33,7 mil para R$ 24 mil. O vice-prefeito, que hoje ganha R$ 14 mil, passaria a receber R$ 12 mil. Os vereadores, por sua vez, teriam vencimentos mensais de R$ 9,6 mil, em vez dos atuais R$ 12 mil.

O salário dos secretários municipais, contudo, seria mantido em R$ 12 mil.

Fonte: Bahia.Ba

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo