Política

Professor de Valença alerta para armações em véspera de eleições

Segundo pedagogo a semana das eleições e momentos finais podem ser de tensão entre grupos

Marivan e ativista político e pedagogo em Valença. Foto: Redes Sociais

Uma narração do pedagogo Marivan Paixão tomou conta das redes sociais desde a última quarta (04), quando o educador alertou para prováveis armações entre grupos políticos em Valença, no Baixo Sul do estado.

“Esta eleição será marcada por movimentos negativos. Peço a cada cidadão, candidato a vereador e comandantes de grupos políticos que não interfiram no processo”, contou.

Questionado pelo jornalista Wellingthon Anunpciação sobre o que poderia acontecer, Marivan respondeu que um grande plano estaria sendo montado para interferência nas eleições. “Sinto cheio de malandragem, entre sexta para sábado, ou sábado para domingo, situações poderão acontecer. Estão planejando alguma coisa para o momento final. Peço ao povo para não participar desta esculhambação”, relatou.

O alerta do professor, fez com que participantes do grupo “Sistema é Bruto” – um dos mais polêmicos da cidade – imaginassem que o narrador tivesse conhecimento de alguma situação, porém ele afirma de forma veemente não saber de nenhuma situação, garante que é apenas um insight.

Estratégias do mal
No município de Tancredo Neves, nas últimas eleições, um fato inusitado causou pânico na população, quando um candidato alegou sofrer um atentado de morte, sendo desmascarado pela perícia que identificou que o veículo estava vazio no momento dos disparos.

Há poucos dias um candidato no Rio Grande do Norte, forjou o próprio sequestro para sensibilizar os munícipes e foi descoberto pela polícia e esta sendo processado.

Em Roraima, uma candidata forjou um AVC e o marketing de sua campanha sensibilizou a população pedindo votos, porém um dos médicos em vídeo conferência apresentou a farsa.

Em Alagoas, um candidato recebeu um tiro no braço de raspão do próprio segurança e denunciou a oposição, mas foi desmascarado pela polícia após perícia.

Wellingthon Anunpciação

Jornalista Especialista em Comunicação Política

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo