Política

Cairu: Fernando Brito vira réu e é acusado pelo Ministério Público de cometer crime e conduta ilegal na dispensa de licitação para contrato de bandas

Fernando Brito. Foto: Valdemir Lima

O prefeito de Cairu, no Baixo Sul do estado, Fernando Brito, se tornou réu em um processo sobre suspeita de irregularidades em contratos. A decisão foi tomada nesta terça-feira (3) pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA).

Segundo o Ministério Público do Estado (MP-BA), Brito também cometeu crime de responsabilidade e repetiu conduta ilegal.

Os fatos se referem a 2016 quando o gestor concorre à reeleição e foi venceu o pleito daquele ano. Segundo o MP-BA, Fernando Brito assumiu gastos financeiros nos dois últimos quadrimestres de 2016 sem que houvesse dinheiro para pagá-los. O órgão também acusou o gestor de dispensar ilegalmente licitações para contratar atrações artísticas.

Devido aos casos, o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-BA) rejeitou as contas de Fernando Brito de 2016.

Wellingthon Anunpciação

Jornalista Especialista em Comunicação Política

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo