Notícias

Vizinhos vão à Justiça contra festas até de madrugada em plena pandemia

Moradores de Cidade Jardim relatam último ocorrido no sábado, com festa que durou até 2h da manhã mesmo após polícia ser acionada

Incomodados com o som alto de festas que costumam varar a madrugada em plena pandemia do novo coronavírus, vizinhos estão buscando resolver a situação na Justiça.

É o que acontece em Cidade Jardim, região de classe média alta de São Paulo. Segundo informações da coluna Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo, os moradores enfrentam problemas com barulhos de festa há algum tempo e decidiram levar a questão à Justiça.

O episódio mais recorrente, de acordo com a Sociedade Amigos da Cidade Jardim, teria ocorrido no último sábado (8). “O som permaneceu altíssimo até por volta das 23h. Depois que a PM [Polícia Militar] esteve no local, chamada pelos moradores, o som foi abaixado, mas a festa continuou até as 2h da manhã”, relata à coluna a diretora-executiva do grupo, Solange Melendez.

Ela disse que a realização de festas naquele imóvel é recorrente desde o ano passado, mas que o número de eventos foi reduzido durante a pandemia de Covid-19. “Os advogados tentaram assinar um termo de ajustamento de conduta junto ao Paulo Velloso, até agora sem sucesso”, informou.

“Parece que a saída vai ser mesmo acionar judicialmente. A Sociedade Amigos da Cidade Jardim pretende acionar cível e criminalmente. Temos esse problema [perturbação do sossego por festas e eventos] em várias residências do bairro. Em algumas dessas festas, já houve venda de ingressos para a entrada, o que contraria a lei de zoneamento, já que a rua é de uso residencial”, declarou a diretora da associação de bairro.

Via Bahia.BA

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo