Saúde

Cairu: Sem apresentar estrutura de saúde, município anuncia reabertura de espaços turísticos

Preocupação maior é que a estrutura de média e alta complexidade encontra-se na cidade de Valença

O município de Cairu, no Baixo Sul da Bahia, anunciou abertura gradativa dos distritos de Morro de São Paulo e Boipeba, espaços turísticos que deverão voltar a receber turistas no processo pandêmico.

Segundo a prefeitura em 3 de setembro, o transporte marítimo seria aberto para turistas que comprovarem reserva em meios de hospedagem. Bares e restaurantes também serão autorizados a abrir, com restrições, respeitando os protocolos. Já o uso das praias para práticas individuais será liberado.

Após o anúncio, diversos profissionais de saúde realizaram questionamentos acerca da estrutura de média e alta complexidade nas ilhas. “Valença tem apenas 10 leitos de UTI para toda a região. Isto foi pensado? É a Santa Casa que faz para-choque deste município”, declarou um médico, que pediu sigilo de imagem.

A Santa Casa de Valença esta com quase todos os leitos de Unidade de Terapia Intensiva ocupados, o que causaria um colapso caso o número de infectados ampliasse.

A prefeitura não apresentou um plano específico para atendimentos emergenciais, tampouco para filtro de turistas oriundos de áreas do país com alto número de casos, além de não apresentar a estrutura que será usada em caso de situações emergenciais. Especialistas preocupam-se pois o período de incubação e amostra do vírus é de 5 a 14 dias, podendo ser confirmado em 8 ou 10 dias. “Se neste período houver grande acesso de pessoas e for o período de aparecimento de sintomas da doença, como será”, questionou um profissional de um posto de saúde cairuense.

Wellingthon Anunpciação

Jornalista Especialista em Comunicação Política

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo