Notícias

Bolsonaro tem infecção no pulmão, mas médicos não atestam relação com covid

O presidente Jair Bolsonaro revelou na noite de quinta-feira (30) que havia sentido uma fraqueza e estaria com uma infecção. Sem especificar que tipo de infecção tinha, ele chegou a fazer piada dizendo que depois de 20 dias de quarenta em casa “pegou mofo no pulmão”.

Na realidade, o presidente teve justamente uma infecção no pulmão. Segundo fontes ouvidas pela coluna, Bolsonaro foi ao Hospital das Forças Armadas (HFA), em Brasília, no dia anterior, como ele mesmo disse, após sentir uma “fraqueza”. Lá foi submetido a uma bateria de exames.

“Teve uma infecção leve no pulmão, mas nada que um antibiótico não possa curar”, afirmou uma fonte. O presidente segue acompanhado pela sua equipe médica e, de acordo com outro interlocutor, já estaria se sentindo bem melhor.

Justamente por isso o presidente decidiu manter a agenda desta sexta-feira na cidade de Bagé, no Rio Grande do Sul. “Amanhã, barra pesada, porque a temperatura lá em Bagé tá zero grau”, disse ontem Bolsonaro, que tossiu algumas vezes durante a live.

Não é de hoje que o temperamento do presidente deixa a equipe médica e também a de segurança de mãos atadas em relação às decisões do presidente. Assim que anunciou que havia testado negativo para coronavírus, Bolsonaro decidiu passear de última hora de moto por Brasília.

“Ele inventou de fazer a revisão da moto. Alertamos os riscos, mas ele que decide”, disse um auxiliar.

Sobre a agenda em Bagé, auxiliares disseram não saber sobre alguma restrição médica imposta pela equipe do presidente.

Relação com a Covid

De acordo com interlocutores, os médicos não conseguem afirmar com precisão se a infecção pulmonar de Bolsonaro está diretamente relacionada ao coronavírus.

O pulmão é um dos órgãos mais atingidos pelo vírus. “É uma infecção pequena. Ainda não é possível dizer que foi causada pela Covid”, disse um general que acompanha o estado de saúde do presidente. “Pode ser outra causa”, completou

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar