Notícias

Comissão quer flexibilizar horário de funcionamento de bares e restaurantes

Objetivo é incluir dois períodos no protocolo de reabertura, para atender estabelecimentos que abrem para almoço e à noite

A Comissão Permanente de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Relações Internacionais da Câmara Municipal de Salvador deve pedir que a prefeitura flexibilize o horário de funcionamento de bares e restaurantes no protocolo de reabertura. O objetivo é incluir pelo menos dois períodos, para atender estabelecimentos que abrem para almoço e no período noturno.

“Essa medida é importante para garantir o funcionamento de locais que atendem a públicos com perfis diferentes. Não adianta um restaurante que abre no período noturno, em um bairro com hábitos noturnos, ser engessado em uma faixa de horário em que o comércio dele não funciona. Então, vamos dialogar com a prefeitura para que o protocolo, quando divulgado, atenda a esses perfis”, justificou o vereador Claudio Tinoco, presidente da comissão.

A prefeitura ainda não divulgou o protocolo específico desses estabelecimentos, que devem voltar a funcionar na fase 2 da retomada econômica na capital. Para tanto, é preciso que a taxa de ocupação dos leitos de UTI fique estabilizada em até 70% por cinco dias.
Nesta quarta-feira (22), a comissão se reuniu com membros de entidades de bares e restaurantes na capital baiana, como a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel-BA), a Federação Baiana de Hospedagem e Alimentação (FeBHA) e do Sindicato dos Trabalhadores em Hotéis, Apart-Hotéis, Residence-Hotéis, Bares e Similares da Cidade do Salvador (Sindihotéis). O secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, também participou da reunião.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo