Recente Notícias

Bolsonaro diz estar infectado com coronavírus

Informação foi divulgada pelo próprio presidente no início da tarde desta terça-feira (17)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou que está infectado com o novo coronavírus. A informação foi divulgada no início da tarde desta terça (17), em entrevista concedida pelo mandatário para CNN Brasil, Record e TV Brasil, no Palácio da Alvorada.

“Estou perfeitamente bem”, disse Bolsonaro que, embora estivesse de máscara, retirou a proteção pouco depois.

Na segunda (16), o chefe do Executivo nacional diz ter sentido alguns sintomas da doença e fez o exame para detecção da doença em Brasília. Ele disse que teve cansaço, febre e um pouco de dor muscular. Aos 65 anos, o presidente integra o grupo de risco da doença.

“Começou domingo, com uma certa indisposição, se agravou na segunda-feira, com cansaço, indisposição e febre de 38 graus. O médico da Presidência, apontando a contaminação por Covid-19, fui fazer uma tomografia no hospital. Equipe médica decidiu dar hidroxicloroquina e aztromicina. Como acordo muito durante a noite, depois da meia-noite, senti uma melhora. Às 5 da manhã tomei a segunda dose e estou me sentindo bem”, disse Bolsonaro durante pronunciamento na emissora estatal.

Desde o início da crise mundial do coronavírus, Bolsonaro tem dado declarações nas quais busca minimizar os impactos da pandemia e, ao mesmo, tratar como exageradas algumas medidas tomadas no exterior e por governadores e prefeitos.

Ele também provocou aglomerações, muitas vezes sem uso de máscara recomendada para evitar o contágio da Covid-19.

Defesa da cloroquina

Bolsonaro aproveitou o anúncio do seu teste para Covid-19 para defender o uso da hidroxicloroquina como medicamento eficaz para o tratamento da doença, mesmo sem que ainda exista comprovação científica do remédio. Ele afirmou que está tomando a droga.

“Resolvi, com esses sintomas, e o médico da Presidência apontando para a contaminação pela Covid-19, fomos fazer uma tomografia no hospital das Forçadas Armadas em Brasília. Os pulmões estavam limpos, ou seja, não tinha nada de opaco, dando sinal positivo. Mas dado os sintomas a equipe médica resolveu aplicar a hidroxicloroquina, também a azitromicina”, disse Bolsonaro.

“Confesso a vocês, estou perfeitamente bem. Estou tomando medidas protocolares, para evitar contaminação de terceiros. Isso cabe a todo cidadão brasileiro”, complementou.

Via Bahia.Ba

Wellingthon Anunpciação

Jornalista Especialista em Comunicação Política

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo