Política

‘Sou a favor de todas as investigações’, diz Neto sobre caso Queiroz

Prefeito diz que muitas coisas ainda precisam ser esclarecidas

O prefeito ACM Neto comentou nesta sexta-feira (19) a prisão de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, acusado de organizar esquema de rachadinha no gabinete do filho do presidente quando este era deputado federal no Rio de Janeiro. 

“É um caso muito nebuloso, muitas coisas precisam ser esclarecidas. É sério que o advogado era dono do imóvel lá em Atibaia? Advogado do filho do presidente, estava recentemente em eventos do Palácio do Planalto, da Alvorada. É um absurdo”, avaliou o prefeito, durante coletiva virtual.

Ontem, Neto já havia dito que pessoas públicas precisam de clareza em suas vidas e que era à favor da investigação, mesmo sem conhecer detalhes do caso.

“É claro que a prisão do Queiroz não é uma pauta que agrada o governo, óbvio que não, porque de certa forma o governo vem vivendo com esse fantasma desde que o presidente tomou posse. Eu não tenho elementos para avaliar o fundamento da decisão de prender o Queiroz e das medidas judiciais que foram tomadas. Vi pela imprensa, tive as informações que todos tiveram, não conheço o processo, não me sinto à vontade para comentar isso. Mas é óbvio que se trata de um tema que não é agenda positiva para o governo, é um tema incômodo para o governo. Está certo ou errado, não tenho condições de avaliar. Todos que estão na vida pública devem satisfação, devem agir com transparência. Sou a favor de todas as investigações”, afirmou. 

Wellingthon Anunpciação

Jornalista Especialista em Comunicação Política

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo