Notícias

Locutor diz que “Kannário quer marketing”

Representante do Sinterp “pediu” que a mídia esquecesse Igor

O locutor Ivan Aragão Costa, postou em sua rede social um desabafo sobre seu entendimento perante as ações do cantor e deputado federal Igor Kannário (DEM) e a publicidade da imprensa aos atos, considerados insanos pelos entendedores de segurança pública e gestão de pessoas.

Ivan escreveu que todas as vezes que as ações de Kannário são exibidas na sociedade, ele ganha mídia entre o público dele, que modéstia parte tem extensa influência na sociedade, bem como poder paralelo a margem da lei. “Todas as vezes em que vc mostra Kanario como inimigo da sociedade, como inimigo da lei, você tá sem saber dando mídia pra ele, dando moral pra ele e seus pares, dando visibilidade pra ele, pq quem curte ele, quem vota nele, quem é fã dele, é fã justamente por esses motivos” (sic).

Kannário em sua passagem pelo Campo Grande, no carnaval de Salvador, desacatou a PM. Foto: Agência A Tarde

Costa ainda definiu o suposto motivo de Igor não defender a polícia e realizar constantes ataques. “Se um dia ele passar a defender polícia, se um dia ele passar a ser “bonzinho” a música dele perde a graça pros seus e ele não terá mais votos. Entenda, essa revolta toda é o marketing que ele quer. Ou vc entende isso ou vc contribui”, refletiu o locutor.

A especialista em marketing Camila Rez, consultada pelo jornalista Wellingthon Anunpciação sobre as palavras de Ivan, contemplou razão ao locutor e ao final da consulta refletiu que esquecimento é uma estratégia importantíssima. “Aquilo que não é visto, é lembrado? Não. Porque perde força, cai da modinha. É força nossa jogar ao fundo do poço o que é considerado negativo”, definiu.

 

Wellingthon Anunpciação

Jornalista Especialista em Comunicação Política

Artigos relacionados

Fechar
Fechar