Valença: Familiares, amigos e ex-alunos se despedem de Leonival Araújo

Momentos de alegria com o educador foram relembrados no funeral

O professor e ex-funcionário da Justiça Federal do Trabalho, Leonival Araujo, encontrado morto em sua residência na Rua Marechal Deodoro no município de Valença, no Baixo Sul do estado, foi enterrado hoje (14) no Cemitério Alto Repouso da Boa Vista em uma cerimônia rápida que contou com a presença de familiares, amigos e ex-alunos.

Durante o funeral, padres das paróquias do Sagrado Coração de Jesus e Bom Jesus da Lapa, ressaltaram o trabalho de Araújo em defesa da moral da Igreja Católica. “Conhecemos um louco, um louco por Jesus.  Ser humano dotado de intelectualidade que vivia na maior simplicidade e fazendo o bem, o que é mais importante”, registrou o Padre Neivaldo Carvalho.

A psicóloga Dila Islair, comentou sobre momentos entre ela e Leonival, segundo ela a intelectualidade do professor era admirável. “Leo nunca deitou em meu divã, os nossos momentos eram nas ruas. Eu que também sou oficiala de justiça, por diversas vezes ao cumprir mandados caminhava com ele dialogando sobre assuntos freudianos e outros mais que gostávamos de debater”, comentou emocionada.

O advogado Salvador Coutinho, que participou do processo de organização do funeral, classificou Leonival como um homem que dedicou a vida para fazer o bem e esclareceu da necessidade de se viver na humildade como ele.

O líder religioso Jeová Avelar, da comunidade do Tento, marcou missa de 7º dia, na Igreja de São Pedro, na próxima terça (17) às 19hs, onde outras homenagens ocorrerão.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo