_x0093_Pablo tem CPF e identidade própria_x0094_, diz prefeita Marlylda após negar qualquer declaração perante ato de homofobia realizado por médico

Prefeita diz que não tem nenhum posicionamento a ofertar, conforme disse a fonte de Livre.

A prefeita Marlylda Barbuda – a Profª. Marlylda (PDT), do município de Itaparica, no Metropolitano de Salvador, em contato com o jornalista Wellingthon Anunpciação, negou qualquer declaração que envolvesse-a na polêmica entre o prefeito de Vera Cruz, Marcus Vinícius (MDB) e o médico-psiquiatra Pablo Valiente que adjetivou a gestão de Vinicius como “travesti”.

A negativa da prefeita veio após Livre publicar que a mesma estaria preocupada com a pacificidade entre os municípios vizinhos e uma fonte ter declarado que a gestora avaliaria manter o médico e sua esposa no quadro de funcionários. “Não fiz nenhuma declaração. Não me posicionei para ninguém. Pablo tem CPF e identidade própria e não podemos confundir isso”, alegou a gestora.

Embora a prefeitura de Vera Cruz tenha postado nas redes sociais uma referência a Pablo, como profissional do Centro de Atenção Psicossocial de Itaparica – CAPS, Marlylda entende que a ação foi executada na rede social pessoal do médico e que não caberia a universalização do pessoal, profissional e político.

A gestora ainda declarou que avaliaria mover uma ação judicial contra Livre Notícias em razão da exposição de seu nome e recebeu como resposta do diretor Wellingthon Anunpciação todos os dados jurídicos da empresa detentora do site.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo