Valença: Jota Almeida não é mais candidato a deputado estadual; vereador alegou boicote


Jota Almeida promete buscar providências contra o considerado boicote.

O vereador Jurandir Almeida, de Valença, liberou uma nota nas redes sociais na manhã de hoje afirmando que não é mais candidato a deputado estadual, conforme havia prometido a população do Baixo Sul. Confira a nota do edil:

 

Com uma candidatura a deputado estadual nascida da vontade popular, fui vítima de uma atitude inexplicável do Partido Democrático Trabalhista,  que não  me deu legenda para que eu pudesse submeter meu nome ao julgamento do eleitorado.
Por quê será que o partido tomou esta atitude extrema? Medo de quê? Com absoluta convicção de um passado digno, tanto profissional, quanto politicamente, atendi a convocação popular com a consciência tranquila de quem sempre esteve, está e continuará tendo “mãos limpas”.
Informações extraoficiais circulavam em Valença há mais de 30 dias, de que o PDT não me daria legenda, mas nunca levei em conta tal afirmação, por entender que o presidente estadual do partido, Deputado Federal Felix Mendonça Jr.  não tinha e nunca teve motivos para tanto. Com esta convicção, no último dia 3 de agosto depositei na conta do Partido a importância de 1 mil reais como inscrição da candidatura exigida pelo próprio partido, entregando também toda a documentação necessária para registro da candidatura. Os documentos foram entregues na sede do partido, no bairro da Mouraria, em Salvador.
Em momento algum, ninguém do partido, muito menos o deputado federal Felix Mendonça Jr, comunicou que minha candidatura não seria registrada. Entretanto, diante da insistência das informações extraoficiais de que minha candidatura não seria registrada, há cerca de 15 dias resolvi fazer contato com o gabinete do deputado federal Felix, em Brasília, para obter maiores informações, quando fui atendido pelo Chefe de Gabinete do Deputado, que ao atender-me se identificou como Marcelo que a mim declarou: “O deputado Felix Mendonça mandou tirar seu nome da lista de candidatos a deputado estadual”, sem me dizer, contudo, quais as razões.
Como a ligação foi feita de um celular e estava no viva voz, o radialista e  jornalista, Wellingthon Anunciação, proprietário do site local Livre Notícias e outros que se encontravam no espaço testemunharam o fato.
Após isso, insistentemente a Sra. Denise, secretária do PDT na Bahia, tem me ligado para realizar a devolução do pagamento e de toda a documentação referente ao registro da candidatura.
Esta é a única verdade sobre o não registro da minha candidatura a deputado estadual pelo PDT no pleito de 2018. Diante disso tudo, só me resta pedir desculpas ao povo de Valença, do Baixo Sul e toda a Bahia. Embora machucado, peço desculpas pois fui vítima de um sistema maldoso qual pessoas que se sentiram ameaçadas bloquearam o sonho de trabalhar pelo povo de nossa Bahia.
Até 2020.

Jurandir dos Santos Almeida
Vereador

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *