Valença: Em protesto contra unificação de campi, estudantes impedem visita do MEC


                 Alunos fizeram muro humano contra a entrada do MEC para inspeção.

Mobilizados contra o anúncio de que o Ministério da Educação planeja unificar os campi Valença Tento (IFBA) e Valença (IF Baiano), a despeito da vontade das comunidades, estudantes das duas instituições fecharam no último dia 19 o acesso aos locais, impedindo a visita técnica de representantes do Ministério. A decisão foi tomada em Assembleia na segunda (18).
De acordo com a estudante do IFBA Valença, Luisa Mattos, a comunidade recebeu informações contraditórias sobre o intuito da visita e, após a realização de roda de conversa, convocada pelo Grêmio, e Assembleia, foi decidida a paralisação das atividades durante toda a terça-feira e fechamento dos portões do IFBA e IF Baiano. “Decidimos também em Assembleia na quarta-feira manter os portões fechados porque havia muitos boatos que os representantes do MEC ainda estavam na cidade”, explicou Luisa. Ela ainda informou que foi organizada uma coleta de fundos para a aquisição dos alimentos consumidos durante os dias de mobilização. Os e as estudantes seguem atentos/as e pretendem realizar novos protestos: “a cada momento surgem novas informações, o que tem dificultado muito”, disse Luisa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *