Valença: Comunidade do Baixão da Várzea promete providências sobre falta de aulas


Aconteceu no último domingo,11, no distrito do Baixão da Várzea, zona rural de Valença, uma reunião de alinhamento entre comunidade e poder executivo para organização do início emergencial das aulas no Colégio
O maior problema na opinião de líderes comunitários é o atraso no calendário letivo, que prejudicará a vida dos estudantes. “Ficamos em situação difícil, esperamos que este governo, que comanda nosso município, atente-se para isso”, comentou Maria Aparecida.
Os vereadores Adailton Francisco (PT) e Mateus Passos (MDB), estiveram no local ouvindo as satisfações dadas pelo secretário da Educação, Daniel Reis.

                        Adailton Francisco explana seu ponto de vista perante a situação.

O chefe da pasta informou que os profissionais aprovados no concurso para Regime Especial de Direito Administrativo (REDA), realizaram desistência quando ficaram cientes da localidade que seriam enviados, por isso outra estratégia vem sendo montada. “Estaremos em caráter de emergência, utilizando através de parceria com a secretaria da Promoção Social, educadores sociais, formados em pedagogia para lecionarem na unidade enquanto nós estaremos convocando os demais aprovados e caso haja mais desistências, estaremos através de contato direto com o Ministério Público realizando as contratações de profissionais da comunidade”, relatou o secretário, firmando que não deixaria os alunos sem aula ‘de modo algum’. Reis ainda informou que até esta semana tudo estará solucionado.
Para o vereador Adailton Francisco a falta de planejamento do gestão faz com que a comunidade não receba as políticas públicas de direito da forma correta. “Estava claro que isso iria acontecer, infelizmente quem sofrerá com essa falta de planejamento serão os estudantes, professores e pais. Moradores já avisaram, que caso o problema não seja resolvido esta semana, providências serão tomadas”, disse o edil, porta-voz da comunidade.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *