Valença: Servidores não recebem terço de férias e se revoltam em redes sociais

Se não pago até o prazo, pagamento deve ser em dobro Servidores da secretaria municipal da Educação, da Prefeitura de Valença, estão revoltados com o descumprimento do pagamento do terço de férias. Os funcionários efetivos também estão postando em redes sociais cobranças ao governo municipal com a esperança de receber os valores atrasados. “Uma falta … Leia Mais


Valença: Herdando débitos, nova diretoria assume a ASTRAM

Eleita há menos de um mês, a nova Diretoria da Associação de Transporte Marítimo (Astram), foi apresentada oficialmente à imprensa local nesta sexta-feira (22). Sediada na Rua Governador Gonçalves, 20, na sala 101, os novos diretores concederam uma coletiva para a imprensa detalhando as ações que estão sendo implementadas. De acordo com o atual presidente, … Leia Mais




Valença: Leitora reclama sujeira na praia do Taquary

A leitora Vanessa Luz enviou fotografias para a redação de Livre exibindo a situação que se encontra a localidade de Taquary, no distrito de Guaibim. Nas imagens, é possível visualizar a grande quantidade de lixo que se encontra no local utilizado por visitantes e turistas. Segundo moradores do Guaibim a sujeira é rotineira. “Por muitas … Leia Mais


Valença: Vereadores descobrem esquema de propina realizado por funcionário da Receita Municipal


Na manhã do feriado municipal em homenagem a Nossa Senhora do Amparo, (08), o vereadores Lorena Mercês (PRB), Benvindo Luz (PSL), Robson Pimentel (PPS) e Jurandir Almeida (PDT), realizaram uma operação na Avenida Marita Almeida – onde se encontra os ambulantes oriundos de outros municípios e que se instalaram em Valença para venda de variados produtos -, para averiguar denuncias sobre um funcionário do Departamento da Receita Municipal da Prefeitura de Valença, que estaria recebendo altos valores, de forma parcelada para ‘guardar’ lugar na Avenida para instalação dos vendedores.
O funcionário identificado como Valter Ramos, é acusado pelos ambulantes de cobrar propina de mais de R$3mil (em alguns casos) para manter os mesmos no local, e junto ao feito já efetuar o pagamento do Documento de Arrecadação Municipal (DAM).

Extrato entregue por uma ambulante que pagou a propina.O funcionário recebe um salário de mais R$1,4mil segundo o Portal da Transparência do TCM.

Após recolhimento de provas os vereadores se dirigiram a Delegacia de Polícia, com o objetivo de prestar queixa sobre o ocorrido.
“Estamos com as informações prestadas pelos ambulantes, temos os comprovantes e vamos abrir uma CPI para averiguar cada mínimo detalhe desta situação”, afirmou o vereador Robson Pimentel, que demonstrou tristeza quando soube que o funcionário seria efetivo do quadro de servidores.

                         Na delegacia os vereadores adotaram os procedimentos legais.

Em contato com o jornalista Wellingthon Anunpciação, o diretor do Departamento da Receita Municipal Alberto Madureira Pinto, informou que atos ilícitos não serão perdoados. “Através da chefia do secretário da Fazenda, Fidélis Negrão, estaremos realizando todos os procedimentos necessários e combateremos este crime, que com certeza macula a imagem da equipe da Receita, que muito honesta neste momento se envergonha deste ato. Será punido com todos os rigores”, afirmou.
O secretário da Administração, Sinezio Neto, disse, por telefone, que nesta segunda todos os procedimentos serão adotados e os envolvidos serão punidos.
O vereador Jurandir Almeida, disse que através da CPI ouvirá o envolvido e em caso de demais nomes envolvidos, caso haja, receberão rigorosas punições.
Lorena Mercês se posicionou com o objetivo de destruir estas estruturas montadas na administração para lesar o bem público. “Segunda-feira, na primeira hora, estaremos tomando todas as medidas cabíveis, isto não é mais aceito, nosso povo não merece isso”, bradou a vereadora.

 

 



Diretor de Livre recebe prêmio como Revelação no jornalismo



28 anos, aguerrido, defensor de causas sociais e ético, assim foi adjetivado o jornalista Wellingthon Anunpciação para recepção do Troféu Imprensa 2017 na categoria Revelação do Jornalismo no evento que premiou diversos segmentos da sociedade valenciana. O evento que teve a promoção do jornalista Rodrigo Mário, acontece pelo segundo ano consecutivo e teve apresentação dos jornalistas/apresentadores Pretta Passos e Jefferson Beltrão, e ocorreu no último sábado (28) no Samanguaiá.
Para Anunpciação o troféu é apenas uma representação física de seu sentimento diário. “Nossa, muito emocionado pelos ouvintes que nos ligou após o evento para parabenizar, o salário moral vem em cada congratulação. Em nossa caminhada desagradamos muitos, mas com certeza, agradamos o povo. E o troféu é para cada ouvinte”, ressaltou.
Após o evento, que foi transmitido pela Valença FM, bandas animaram a festa que durou até o amanhecer do dia.


Ituberá: Médica não identifica causa da morte do bebê


Corpo foi enviado para autópsia em Valença

A cidade esta chocada com o acontecimento.

Após o falecimento de Lucas Gabriel, que segundo a família ocorreu por negligência no atendimento e na falta de medicamentos básicos na unidade, a médica plantonista mesmo tendo acompanhado o caso e ciente dos fatos, não soube, segundo a avó da criança Rita de Cássia Reis, identificar a causa da morte, tendo então que ser realizado o envio do corpo para autópsia no município de Valença.
Segundo Rita, o sofrimento da família foi ampliado com este fato, pois não possuem recursos para locomoção. “Não entendo, não conseguimos digerir isso, esta tudo muito obscuro”, disse a avó.
Em contato com a diretora administrativa do Hospital Antônio da Costa, que apenas se identificou como Rosete, a mesma ao ser questionada sobre a situação, informou que nada tinha a declarar e recusou a detalhar informações, alegando que a família possuiria informações e que ‘a Assessoria de Comunicação lançaria uma nota nas próximas horas’ e desligando a conexão telefônica com o jornalista Wellingthon Anunpciação.


Valença: Prefeitura de Valença faz concessão do terminal hidroviário


Imagem atual do terminal, que passará por rigorosas mudanças.

Foi publicada no diário oficial do município desta segunda (23), a concessão ofertada pelo prefeito Ricardo Moura (PMDB) a empresa Transportes Dattoli LTDA para operação, administração, requalificação, manutenção e exploração do Terminal Fluvial de Embarque e Desembarque da sede do município, atualmente funcionando na Rua Comandador Madureira.
O conhecido Terminal do Minigula poderá ter suas instalações remanejadas para o cais da Praça da Bandeira e segundo informações a proposta de um novo endereço aportaria mais segurança, comodidade e tranquilidade no embarque, principalmente na organização do trânsito da cidade.

Empresa
A empresa que recebeu a concessão passou por uma análise feita pela equipe de Livre, que não detectou irregularidades ou qualquer outro aponte para efeito de denúncia.
Em contato com os proprietários da empresa, o jornalista Wellingthon Anunpciação recebeu documentações de impostos e outras obrigações totalmente em dias e a informação de que uma moderna tecnologia será implantada para facilitar o movimento no terminal, ou no novo terminal, caso haja uma nova construção.