Redes sociais são armas gratuitas para grupos politicos


Alguns profissionais da mídia afirmam que as redes sociais são molas propulsoras também em um jogo eleitoral.
E o clima no ambiente virtual já esta competitivo, ao menos é o que a equipe de Livre tem checado nos ambientes valencianos e cairuenses. No município valenciano  as críticas são mais subliminares, são mensagens reflexivas, contudo o grupo que apoia a recandidatura de Jucélia Nascimento (PTN), explanam os feitos de sua gestão. Já a turma peemedebista do candidato Ricardo Moura, vai às redes sociais explanar de forma sucinta a troca repentina de vices em sua chapa e expoem a todo instante o pré-candidato do PRB – Cláudio Queiroz, que lança sua chapa nesta quinta feira e com certeza terá um desgaste muito grande para explanar a comunidade algumas questões jurídico-processuais quais se envolveu. Jairo Baptista (PR) e seu grupo usam pouco as redes sociais e apostam no diálogo constante com a comunidade.
Em Cairu a disputa segue acirrada, de um lado os defensores da candidata Cintia Rosemberg, tida como carismática e a chance de renovação cairuense, segundo algumas postagens, e do outro, o grupo do prefeito e candidato Fernando Brito que também atacam em função das defesas, e em tréplica sempre recebem uma amostra de falhas administrativas por parte dos seguidores da candidata.
Muitas coisas ainda podem acontecer até o prazo final das convenções, podem existir até alianças ‘café com óleo’.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *