Valença: Polícia Federal cumpre parte de operação no município

O motivo da operação é tráfico de drogas internacional Um homem apontado como chefe de uma quadrilha especializada em lavagem de dinheiro proveniente do tráfico internacional de drogas foi preso junto com a esposa em um condomínio de luxo, em Salvador, durante uma operação da Polícia Federal, deflagrada na manhã desta quinta-feira (2). Além dos … Leia Mais


Valença: Corpo encontrado na zona rural

Um corpo, sem sinais vitais, foi encontrado na localidade da Serra do Abiá, zona rural de Valença, com sinais de perfuração no crânio, supostamente por arma de fogo. A perícia ainda não chegou ao local para realização de levantamento cadavérico. Segundo informação, não oficial, o corpo é de um homem conhecido como Régis, que estaria … Leia Mais


Barracas e residências em Guaibim poderão ser demolidas ainda este ano

A Procuradora da República, Bartira de Araújo Góes, enviou ofício de consulta ao Superintendente de Patrimônio da União, Ricardo Saback Guimarães, para consulta acerca da ocorrência de danos ambientais causados pela construção de barracas na Praia de Guaibim, bem como inexistência de licenciamento ambiental no mês de novembro. Com isso, o Ministério Público Federal enviou … Leia Mais


Valença: Nova diária do prefeito é contestada

Assessor de comunicação alegou lançamento duplo de empenhos nas diárias A prefeitura de Valença, através do assessor de comunicação da instituição, Jean Macedo, justificou aos vereadores que a denúncia acerca da quantia de diárias pagas a si próprio pelo prefeito Ricardo Moura (MDB), estaria errada. O motivo alegado pelo assessor, foi uma duplicidade nos lançamentos … Leia Mais


Valença: Prefeito recebe quase R$35 mil de diárias em 2018

Os pagamentos foram investigados por Livre, que descobriu que o prefeito estava na cidade nas datas informadas para recepção de pagamento; confira O prefeito de Valença, Ricardo Silva Moura (MDB), no Baixo Sul do estado, recebeu somente nos primeiros cinco meses de 2018, quase R$ 35 mil reais em diárias de viagens. O valor corresponde … Leia Mais


Valença: Suspeitos são capturados após assalto em distribuidora


Simulacros de armas, revólver calibre 38, drogas e dinheiro estavam em poder dos suspeitos.

Após a circulação massiva nas redes sociais de um assalto ocorrido no último sábado (30), numa distribuidora de bebidas, localizada no bairro do Jacaré em Valença, Baixo Sul do estado, a Polícia Civil apresentou com exclusividade para Livre o resultado das investigações e localização dos suspeitos. Foram apreendidos em flagrante dos menores C.S.A e E.J.S, e preso, também em flagrante, George da Conceição, 22 anos, que montaram e participaram do assalto.
A prisão em flagrante deu-se após a polícia localizar durante a prisão em posse dos suspeitos do assalto simulacros de arma ponto quarenta e um revólver calibre trinta e oito, ainda 64 trouxas de maconha e 31 pedras de crack.
Segundo o delegado coordenador da 5ª Coorpin, José Raimundo Neri Pinto, o apoio da comunidade foi importante nas denúncias anônimas. “Importante a parceria da comunidade, usem nosso disk-denúncia e ajudem-nos (075982823339), e só logramos êxito graças ao trabalho dos investigadores do S.I., profissionais dedicados a este ofício, cumprir a lei e proteger a sociedade”, destacou Néri.
O delegado pede que possíveis vítimas dos suspeitos dirijam-se a delegacia a fim de colaborar com a justiça.


Taperoá: Tentou dar golpe e foi presa


Foto: Google Maps

Viviane Santa Araújo, 37 anos, ilheense, tentou dar um golpe em uma agência de crédito pessoal na última segunda (25), no município de Taperoá. Segundo informações da Polícia Militar, um funcionário percebeu o nervosismo da mulher, que saiu rapidamente deixando no estabelecimento o documento de identidade, e sendo localizada pelos policiais minutos depois.
Viviane se contradisse durante a abordagem, e foi encontrado mais um documento de outra pessoa em sua bolsa. A estelionatária se encontra a disposição da justiça e já teve passagem por crimes similares.

 


Igrapiúna: Perseguição política retira título de cidadã de professora


A professora Tatiana Viana, professora efetiva da Secretaria da Educação do Governo do Estado, diretora do Cepronelim do município de Igrapiúna foi boicotada na Câmara de Vereadores do município, segundo a educadora, por perseguição política da gestão municipal.
Tati, como carinhosamente é chamada pelos alunos, teve seu título aprovado pelos vereadores Neilton Assunção – o Neu (MDB) e Nildo da Silva – o Nildo do MST (PT), já ausentes estavam o vereador Vagner Assunção (PC do B) e Cecília Mendes – a Cecília de Rogério (PTN), para votar contra a educadora estavam o vereador Luiz Campos – o Neirinho (PSB) que é sogro do prefeito Leandro Ramos (PSB), Cristovão Alves (PSB) que é padrinho do prefeito, Antônio Bispo – o Tonho de Honorina (PP) que é primo do prefeito e Jakline Gomes (PRP) que é esposa do secretário de agricultura da prefeitura de Igrapiúna.

Tatiana é querida pela comunidade, e seu trabalho é aceito por 94% da comunidade escolar.

Para os moradores do município, que se manifestaram em redes sociais, não houve motivos para bloquear a honraria a pedagoga, uma vez que o título já foi dado ao deputado federal Nelson Pelegrino (PT), que nenhuma ação realizou no município.
“Sei que não sou bem vista pelo grupo do prefeito. Sou, porque não aceito as imposições ditatórias de um gestor que não tem compromisso com a educação pública, tampouco com a comunidade como um todo. Gostaria muito que Leandro respeitasse e valorizasse os funcionários do município, em especial os da educação”, desabafou Tatiana para o jornalista Wellingthon Anunpciação.

Primeira mulher prefeita
Nos bastidores políticos, Tatiana Viana é cotada para encabeçar uma chapa nas eleições de 2020. Segundo ela não faz nenhum tipo de campanha antecipada, mas entende que se o povo igrapiunense a chamar, ela se sente pronta para batalhar contra o caos administrativo e político que se instalou no município.
Nas últimas eleições Tatiana foi candidata a vereadora pelo MDB e por 3 votos ficou na suplência legislativa, após esta candidatura a pedagoga iniciou trabalhos sociais com a comunidade estudantil de empoderamento político e tem se destacado como uma excelente gestora educacional, despertando a fúria do prefeito Leandro Ramos que tenta dificultar as ações da mesma, como o boicote do título de cidadã.


Operação prende menor autor de 4 homicídios em Valença


Mais de 200 integrantes da forças de segurança apreenderam com a quadrilha pistolas, revólver e drogas.

                Quadrilha foi desarticulada na Operação Pente Fino. Foto: Alberto Maraux

A megaoperação conjunta, no município de Valença, realizada nesta madrugada (14), resultou em flagrantes contra 17 criminosos ligados a tráfico de drogas, homicídios e assaltos, na região. Mais de 200 integrantes das polícias Civil e Militar apreenderam com a quadrilha pistolas, revólver e drogas.
Entre os 13 presos adultos destacam-se Thiago da Silva Andrade, mais conhecido como ‘Guelo’, líder da facção, Ademir Santos de Jesus, o ‘Demi’, braço direito da organização e Wangler Napoleão Soares de Souza, apelidado de ‘Guiguito’, gerente da quadrilha. O trio é investigado por pelo menos 20 homicídios em Valença e região.
Com eles e os outros 10 comparsas foram encontrados uma pistola calibre 9 mm, uma pistola calibre 40, um revólver calibre 38, munições e drogas. “Grande ação em conjunto com a PM e com total apoio da Justiça e Ministério Público. Quando todo o sistema trabalha unido o resultado é brilhante”, ressaltou o titular da 5 Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Valença), delegado José Raimundo Neri Pinto.
Já entre os quatro adolescentes, o de 14 anos, com estatura física de criança, é o que acumula mais homicídios, 4 no total. “Semanalmente apreendemos jovens, alguns menores de idade, ligados ao tráfico. Continuamos com diligências para desarticular totalmente o bando”, informou o comandante da 33 Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Valença), major Alexandre Costa.
Participaram também da ação equipes dos departamentos de Polícia do Interior (Depin) e de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), do Grupamento Aéreo (Graer), da Coordenação de Operações Especiais (COE), da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Cacaueira e das Rondas Especiais (Rondesp) Sul.

                          Menores estão a disposição da justiça. Foto: Alberto Maraux

Entenda a operação
Uma megaoperação das polícias Civil e Militar combate quadrilhas de tráfico de drogas, no município de Valença, região da Costa do Dendê. Mandados de prisão e de busca e apreensão estão sendo cumpridos desde o início da manhã desta quinta-feira (14).
Mais de 200 policiais da 5ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), 33ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), ambas de Valença, da Coordenação de Operações Especiais (COE), do Grupamento Aéreo (Graer), dos Departamentos de Polícia do Interior (Depin), Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Cacaueira e das Rondas Especiais (Rondesp) Sul participam da ação conjunta.
O delegado coordenador da 5ª Coorpin, até o final da operação emitirá um extrato para a imprensa das prisões efetuadas e demais ações realizadas.


Valença: Homem estuprou e matou a mãe


Homem estava bêbado e abusou da genitora até a sua morte.

 

Reginaldo da Boa Morte Santos, confessou ter estuprado sua genitora na madrugada desta terça (12). A.S de 73 anos de idade, iria completar 74 anos nesta quarta (14), e teve a vida ceifada após o estupro realizado por seu filho. O autor que residia com a vítima há cerca de um mês, em audiência com o delegado titular da 5ª Coorpin, Bruno Pereira Oliveira, afirmou que ela tentou se desvencilhar do ato, mas foi presa por ele para consumação do fato.
Na vizinhança o sentimento é de pesar e revolta, inclusive pelo filho do assassino. “O filho está bastante revoltado. Não houve linchamento, pois no momento da captura tratava-se apenas de suspeita”, declarou o delegado titular.
Reginaldo não demonstra sentimentos de remorso, e será encaminhado ao Conjunto Penal de Valença, onde permanecerá custodiado até o julgamento.
A pena para este tipo de crime é de 12 a 30 anos.