Camamu: Ioná Queiroz tem candidatura indeferida

A Justiça Eleitoral, através da juíza Leandra Leal, indeferiu o registro de candidatura da ex-prefeita da cidade de Camamu, Ioná Queiroz (PT). Ele é acusada de abuso de poder econômico em 2008 e teve as contas rejeitadas entre 2010 e 2012, quando foi prefeita da cidade. Caso se confirme a invalidação de Ioná Queiroz, três … Leia Mais


Candidato à vereador é preso em flagrante dirigindo carro roubado

O candidato a vereador de Barreiras, Bacia do Rio Grande, pelo PSC, Rubens Bernardes Pereira foi preso em flagrante nesta segunda-feira (12) por dirigir um carro roubado e alienado. De acordo com a delegacia de polícia, o Hiunday prata, com placa de Luis Eduardo Magalhães, que o político conduzia havia sido roubado no último sábado … Leia Mais


Candidato a vereador é assassinado

Um candidato a vereador no município de São Sebastião do Passé foi morto a tiros na noite desta sexta-feira (2). Daniel Oliveira (PSL) tinha 32 anos e se candidatava pela primeira vez no município. De acordo com o setor de investigação da delegacia da cidade, crime político não é a principal linha de apuração. A … Leia Mais


PMDB de Valença impugna candidatura de Cláudio Queiroz

A equipe de Livre buscou informações na tarde desta sexta (02) e conferiu a veracidade acerca dos fatos que circulam na cidade de Valença que o Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) indeferiu a candidatura do candidato do Partido Republicano Brasileiro (PRB), Cláudio Queiroz. O pedido (processo) registrado no cartório eleitoral sob o numero 32488/2016, … Leia Mais


Fernando Brito não comparece a sabatina marcada pela ACEC Cairu

A Associação Comercial e Empresarial de Cairu preparou para a última quarta (30), na ilha de Boipeba, uma sabatina com os prefeitáveis de Cairu (vide convite). Marcado para ter início as 13h, a candidata peemedebista Cintia Rosemberg respondeu as perguntas formuladas pelos diretores e associados, e as 15h momento qual combinado para Fernando Brito responder … Leia Mais


Presidente do PRB rompe com Cláudio Queiroz


DSC00219
Tácio acenou para todos com satisfação perante a prefeita Jucélia.

Quem hoje causou comentários e alvoroço ao comparecer a caminhada/inauguração do Comitê da candidata a reeleição Jucélia Nascimento, foi o presidente do PRB – Valença, Tácio Lima e sua equipe de assessores.
Com a presença sendo destacada no discurso da prefeita Jucélia Nascimento, que justificou acatar o apoio do vereador, por saber que ‘a mente dele esta no lugar e que não aceita golpe, pois sofreu um’. Aplaudido pelos presentes Tácio, que não pode se manifestar em palanque, acenava para a gestora com gestos de concordâncias e impulso para sua caminhada.
Pelo visto a política de Valença esquentou, e o que estava faltando para fechar a lacuna era a presença da candidata do Partido Trabalhista Nacional (PTN), que ao ver da imprensa já deu outra cara ao processo eleitoral do município.


Funcionárias demitidas de Cairu retornarão as atividades após liminar judicial


Segundo afirmam, demitidas sem justa causa e com suas dignidades comprometidas, as funcionárias Luana Oliveira dos Anjos, Tatiane Mendes da Silva e Ronieles Oliveira da Silva impetraram medida de segurança na 2ª Vara de Feitos de Rel. de Cons. Cível e Comercial, buscando liminar para retorno as suas atividades laborativas, segundo as queixosas a demissão deu-se por conta de abuso de poder, com motivo de opção política contrária ao grupo do atual gestor.
Na página da rede social Facebook, uma das ganhadoras da ação explanou sua felicidade por ver a justiça sendo realizada, e afirma que seguirá com sua opção política em frente, pois ‘se sente livre para apoiar quem entender ser melhor’.
Clique aqui e confira na íntegra a decisão do juiz Alberto Raimundo Gomes dos Santos perante a liminar solicitada.

A lei

A lei 9.504 de 30 de setembro de 1997, em seu artigo 73 cita que:

São proibidas aos agentes públicos, servidores ou não, as seguintes condutas tendentes a afetar a igualdade de oportunidades entre candidatos nos pleitos eleitorais:

I – ceder ou usar, em benefício de candidato, partido político ou coligação, bens móveis ou imóveis pertencentes à administração direta ou indireta da União, dos Estados, do Distrito Federal, dos Territórios e dos Municípios, ressalvada a realização de convenção partidária;
II – usar materiais ou serviços, custeados pelos Governos ou Casas Legislativas, que excedam as prerrogativas consignadas nos regimentos e normas dos órgãos que integram;
III – ceder servidor público ou empregado da administração direta ou indireta federal, estadual ou municipal do Poder Executivo, ou usar de seus serviços, para comitês de campanha eleitoral de candidato, partido político ou coligação, durante o horário de expediente normal, salvo se o servidor ou empregado estiver licenciado;
IV – fazer ou permitir uso promocional em favor de candidato, partido político ou coligação, de distribuição gratuita de bens e serviços de caráter social custeados ou subvencionados pelo Poder Público;
V – nomear, contratar ou de qualquer forma admitir, demitir sem justa causa, suprimir ou readaptar vantagens ou por outros meios dificultar ou impedir o exercício funcional e, ainda, ex officio, remover, transferir ou exonerar servidor público, na circunscrição do pleito, nos três meses que o antecedem e até a posse dos eleitos, sob pena de nulidade de pleno direito, ressalvados:

  1. a) a nomeação ou exoneração de cargos em comissão e designação ou dispensa de funções de confiança;
    b) a nomeação para cargos do Poder Judiciário, do Ministério Público, dos Tribunais ou Conselhos de Contas e dos órgãos da Presidência da República;
    c) a nomeação dos aprovados em concursos públicos homologados até o início daquele prazo;
    d) a nomeação ou contratação necessária à instalação ou ao funcionamento inadiável de serviços públicos essenciais, com prévia e expressa autorização do Chefe do Poder Executivo;
    e) a transferência ou remoção ex officio de militares, policiais civis e de agentes penitenciários;

A equipe de Livre encontra-se a disposição da prefeitura de Cairu para maiores esclarecimentos sobre o assunto.

 

 


Cairu: Acalmem seus ânimos


 

vandalismo-e1471546633955
                     Placa rasurada em distrito do município em campanha

Pelo visto, o Cartório Eleitoral da 31ª Zona Eleitoral terá muito trabalho com as eleições no município de Cairu, em pleno terceiro dia de campanha já é possível observar cartazes e placas de candidatos rasurados.
O destaque é que apenas placas e cartazes de uma coligação estão sendo danificados. A possibilidade de uma reunião entre coordenadores dos prefeitáveis se faz interessante para apaziguar os ânimos.
De fato o ato, criminoso, é passivo de multa e até punição se identificado os culpados das ações delinquentes.
A equipe de Livre se coloca a disposição de ambas coligações para esclarecimentos.


Provedor da Santa Casa de Valença explana com detalhes a real situação da instituição


O provedor da Santa Casa de Misericórdia de Valença, Marcelo Cabral, atendeu  a equipe de Livre, e concedeu entrevista falando acerca da situação da instituição. Com perguntas rápidas e sempre contextualizando as dificuldades, Marcelo não deixou nenhuma pergunta sem resposta.

Livre Notícias – Marcelo, o que efetivamente ocorre hoje com a Santa Casa de Misericórdia de Valença?

Marcelo Cabral – O que tem acontecido é o que todos sabem, através dos noticiários. Todas as Santas Casas do Brasil vem sofrendo muito devido ao subfinanciamento do Sistema Único de Saúde (SUS), que é o pagamento que o Sistema efetua a Santa Casa, e não cobre nossas despesas para realização de procedimentos como cirurgias e etc. Portanto este é o principal fator que tem deixado a Santa Casa em tal situação.
O que temos feito para poder tentar manter as portas abertas? Viemos ao longo destes anos viabilizando empréstimos em instituições bancárias, especialmente em nosso caso, já chegamos ao limite máximo, temos um débito de quase sete milhões de reais, e as contas não fecham, todos os meses nosso déficit mensal é de pouco mais de duzentos mil reais. Então, chagamos ao nosso limite, não temos mais condições de continuar desta forma e realmente há a risco de suspendermos procedimentos, atendimentos e serviços momentaneamente e podemos até fechar as portas.

DSC00004
O provedor Marcelo Cabral demonstra afinco e sensatez na sua gestão.

LN – Recentemente como provedor da instituição, sua pessoa e equipe realizaram demissões em massa, este feito implica na qualidade do serviço prestado?

MC – As demissões foram feitas para reduzirmos o déficit mensal, reduzimos em torno de 7%, mas os serviços continuarão sendo prestados com total qualidade, porém os funcionários que estão em nossa equipe darão um pouco mais de si para suprir a ausência de seu colega.

LN – O senhor acredita que isso corrobora com a saída da crise, estes 7%?

MC – Ajuda sim, foram medidas tomadas para reduzir o déficit. Mas reconhecemos que apenas isso não resolverá nosso problema.

LN – Como esta a relação com a prefeitura municipal de Valença?

MC – A prefeitura de Valença, assim como as demais da região, tem um pacto com nossa instituição. Existe também uma verba que vem para saúde para prestação de atendimento e é repassada via Secretaria Estadual de Saúde.
Porém com esta crise, o que estamos buscando com as prefeituras aqui da região é que além do valor pactuado haja uma maior contribuição para o fechamento das contas, sabendo que esta é uma situação passageira, e precisamos de apoio para nos adequar, e depois ‘brigaremos’ com o governo Estadual e Federal para o aumento dos repasses.

LN – Quantas prefeituras fazem parte deste grupo que pactuou com a Santa Casa?

MC – Aratuípe tem dado uma significativa força para nossa instituição, a prefeitura de Valença tem dialogado conosco acerca de várias ações, e a prefeitura de Cairú deixou de fazer e as questões alegadas são que a crise tem causado impedimentos.

LN – Uma pergunta pessoal, sua pessoa acredita outras prefeituras poderiam ajudar a Santa Casa?

MC – Particularmente eu tenho certeza que sim, se nós conseguíssemos cinco mil de uma, dez mil de outra e assim sucessivamente, isso eu falo dos quarenta municípios que aqui são atendidos, com certeza resolveria o nosso problema.
A saúde é questão de prioridade, precisamos pensar melhor, pois o fechamento de um Pronto Socorro causará custos mais elevados para envio de pacientes a Salvador. Nós estamos lutando para poder ofertar as cirurgias ortopédicas, que não fazemos ainda.

LN – Recentemente sua pessoa esteve em Brasília, junto ao presidente da Câmara Agostinho Santana, e reuniram-se com o Ministro da Saúde. Quais as tratativas desta reunião e quais as aquisições?

MC – O motivo de termos ido até lá, foi para buscarmos ajuda financeira, um aporte, incentivo, para podermos equilibrar as contas. O ministro deixou claro que a tabela SUS não tem previsão para ser reajustada, então o que tem sido feito é ajuda para que em no máximo dois anos possamos reajustar as contas. Nada ficou definido, porém as portas estiveram abertas para nossa instituição, estamos dependendo de algumas documentações para apresentarmos e adquirirmos a ajuda financeira.

LN – O senhor acredita que poderá existir a sensibilização dos governos Estadual e Federal de ampliação de repasse?

MC – Estamos esperançosos que sim, acredito que haja esforço máximo para poder reverter esta situação. Mas estamos vivendo um momento de crise em todo o país, e a justificativa é que o dinheiro não dá, mas saúde é um item que devemos priorizar e olhar com mais carinho.
Esta semana, dia 19 estaremos fazendo um movimento para chamar a atenção das autoridades, pois acredito que receberá este recurso mais rápido, quem gritar mais, quem mostrar de forma ampla seus problemas, por isso acredito que devemos chamar atenção de nosso povo e de nossas autoridades e tenho certeza que seremos ajudados.

LN – A Santa Casa fica localizada em Valença  e atualmente como esta a relação com a gestão municipal?

MC – Muito boa nossa relação, estamos dialogando, demonstramos alguns pleitos de forma informal. Estamos também buscando pleitear a exclusão de cobrança ou desconto do pagamento de fornecimento de água, pagamos hoje quase quinze mil reais , e não pagando a conta de água poderemos investir em outras ações.
Estamos, acredito, finalizando esta discussão e com certeza sairemos todos vitoriosos.

LN – Qual o prazo que a Santa Casa para fechar as portas?

MC – O prazo que temos caso não seja resolvido é que daqui a trinta dias estaremos suspendendo alguns procedimentos, tais como cirurgia obstetrícia e cirurgias eletivas (mutirão).

LN – Suas considerações finais.

MC – Agradecer a oportunidade concedida por este meio de comunicação, que com certeza traz a verdade como prioridade, muito boa a equipe jovem deste canal. Pedir aos amigos que contribuam com nossa instituição seja com doações de lencóis, alimentos, notas fiscais (para o programa Sua Nota é um Show) ou transferências bancárias. Convidando também todos para participarem conosco nesta semana de nossa manifestação.


Vereador Pikui se diz indignado com falsas acusações ao seu grupo


Acusado de estar envolvido em uma sabotagem nas dependências do Colégio Modelo da Gamboa, o vereador Antônio Costa Damascena, popularmente conhecido como Pikui, lançou em sua rede social na noite desta quinta (09), uma nota de esclarecimento acerca dos acontecimentos ocorridos na comunidade da Gamboa, espaço onde o vereador tem grande influência.
Segundo o edil ‘existem pessoas omitindo-se de sua responsabilidade e incompetência e terceirizando a culpa’.

pikui
Nota de esclarecimento lançada na rede social do vereador

A equipe de Livre também se encontra a disposição da Prefeitura de Cairu para esclarecimentos posteriores sobre o assunto.