Cairu:Prefeito Fernando Brito é denunciado por burlar concurso público

O Tribunal de Contas dos Municípios julgou procedente o Termo de Ocorrência lavrado contra o prefeito de Cairu, Fernando Antônio dos Santos Brito, nesta última quinta-feira (19/04), em razão de irregularidades na contratação da Cooperativa de Trabalho de Atividades Gerais da Bahia, ATIVACOOP, ao custo total de R$13,4 milhões. “Ficou constatado que a cooperativa apenas … Leia Mais


Valença: Assalto no povoado da Derradeira

Após ocorrência de duas mortes na comunidade, os moradores da Derradeira voltaram a se apavorar no início da noite desta sexta (13), quando um grupo de homens em carros e motocicletas realizaram assalto em um estabelecimento comercial da comunidade. Na ação, os assaltantes pediram aos clientes do local assaltado que carregassem as cargas para um … Leia Mais



Valença: Lixo de Cairu é enviado para a cidade

Lixo vem de ilhas do município vizinho via barco e polui via pública valenciana “É um absurdo.”, assim definiu o chefe de gabinete, Daniel Soares da prefeitura de Valença, após tomar conhecimento que resíduos estão sendo enviados de Cairu para Valença. A carga (lixo) é trazida via barco e despachada na Praça da Bandeira, nas … Leia Mais


Camamu: Moradores denunciam cemitério abandonado

Moradores de Camamu, procuraram Livre para denunciar o abandono do principal cemitério da cidade. Segundo as denúncias o matagal cresce desordenadamente e enrama-se pelas lápides e até a capela do cemitério. Os internautas também denunciam o acúmulo de lixo no entorno e dentro do local, além de suspeitar de retiradas de corpos antes do prazo … Leia Mais


Cairu: Mais um incêndio em Morro de São Paulo


                           Nativos e turistas tentaram controlar as chamas.

Cinco meses após o último incêndio, nativos e turistas de Morro de São Paulo viveram momentos de pânico na manhã desta terça (20). Sem causas confirmadas chamas surgiram de um restaurante localizado na segunda praia, fazendo com que os voluntários realizassem uma força tarefa na tentativa de apagar o grande incêndio iniciado, mas sem sucesso.
Após algumas horas, e um andar do estabelecimento ter sido completamente destruído, empresários cederam uma espécie de carro-pipa para controle das chamas.
A Polícia Civil deverá investigar as causas do incêndio.
Confira o vídeo:


Valença: “É mentira dele. Tudo uma farsa”, dispara prefeito Ricardo sobre delação de vereador


Alcaide diz que o pedetista Jurandir Almeida mentiu em plenário

Foto: Arquivo de Livre

O prefeito Ricardo Moura (MDB) ao tomar conhecimento das declarações de Jurandir Almeida (PDT), noticiada com exclusividade por Livre, perante o esquema de corrupção, segundo o edil, para montagem da mesa diretora da Câmara de Vereadores, fez contato com o jornalista Wellingthon Anunpciação a fim de desfazer a afirmativa do vereador.
“É mentira, uma mentira descabida. Se o meu secretário executivo (Manoel de Fausto) fez isso, foi sem a minha anuência, e coisa que eu duvido muito. Mas quero declarar que é mentira. Nunca fizemos este tipo de trato com nenhum vereador”, bradou o prefeito em ligação.
Moura ainda disse que não entende o por quê destas ações, consideradas levianas da parte de Almeida. “Sempre tivemos um bom diálogo e fino trato. Estou decepcionado”, finalizou o alcaide.


Entenda a denúncia
Na sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Valença, nesta terça (06), o vereador Jurandir Almeida – o Jota Almeida (PDT), abriu a ‘caixa preta’ da eleição da mesa diretora para o biênio 2016/2018 do poder legislativo.
Segundo Almeida, o secretário executivo da prefeitura de Valença, Manoel de Jesus Góes – o Manoel de Fausto (presidente do MDB – Valença) foi quem o procurou. “O ‘prefeito’ Manoel de Fausto, foi quem me procurou para fazer o acordo. Já estavam me aguardando quando cheguei de viagem, o acordo foi para me dar 10 cargos, e agora estão demitindo as indicações. Acordo político não era para ser destratado. No acordo eu seria o vice-presidente”, delatou. O edil ainda disse que não tinha carro locado, máquinas, empresas e outros meios na prefeitura, finalizando disse que a intenção fechando o acordo foi ajudar o menos favorecido.

Repercussão
Nas redes sociais os comentários são acerca da delação do vereador. Pessoas mantém opiniões divididas, mas a imagem da Câmara da cidade, poder fiscalizador esta exposta como uma casa de jogatina política para interesses pessoais.


Valença: Secretário da Administração é agredido


                                          Foto: Reprodução/Redes Sociais

O secretário, Sinezio Cabral Neto – o Sinezinho, sofreu agressão na manhã de hoje no estacionamento da prefeitura municipal de Valença. Segundo informações de presentes ao local, um homem – não identificado pelos informantes – que presta serviços de reparos em automóveis, ao encontrar o secretário desferiu-lhe palavras ofensivas e empurrou-lhe.
Para Livre, Neto, em ligação telefônica, disse não ter ocorrido nenhuma agressão. “Apenas gritos, nada demais. Estou bem’, afirmou.
O motivo não foi dito pelo secretário, mas comenta-se ser um débito entre prefeitura e o profissional.
Neto é filho do desembargador aposentado Sinezio Cabral Filho e foi candidato a vice-prefeito nas eleições de 2012 junto ao atual prefeito do município, Ricardo Moura (MDB)


Tancredo Neves: Vereador denuncia esquema ilícito para o REDA do município


O vereador Fábio dos Santos – o Bidola Mecânico (SD), denunciou na sessão da Câmara de Vereadores de Presidente Tancredo Neves o esquema ilícito que está ocorrendo em algumas secretarias do municípios.
Segundo o vereador, secretários estão nomeando pessoas de cargo ‘simples’ para que não precisem fazer o concurso do Regime Especial de Direito Administrativo (REDA), ou seja, as pessoas já vão trabalhando antes do concurso e logo após já tem a vaga garantida. “Serão cartas marcadas”, definiu o edil.
Finalizando seu discurso, Fábio disse que na secretaria de Assistência Social existe um grupo já organizado para dar preferências no REDA. “Eu serei o primeiro da casa a buscar o Ministério Público. A batalha será dura, mas a população tancredense irá vencer”, bradou o edil.
Confira o vídeo das acusações, gravado na sessão ordinária da Câmara Municipal:


Valença: Moradores de zona rural fecham BA


Motivo do manifesto é falta de manutenção das estradas pelo poder executivo municipal

Gestantes, lactantes, idosos, cidadãos em viagem, crianças com consultas marcadas foram os principais prejudicados desta segunda (26), pela ação dos moradores do distrito da Formiga e adjacências, zona rural de Valença, que fechou a BA-542 que liga a sede do município a BR-101. Os residentes defendem-se dizendo que pediram há alguns meses ao prefeito Ricardo Moura (MDB) a requalificação e manutenção das estradas, que não da condições de transporte nem para alunos da localidade. Segundo Maria Dinalva – Daia – presidente da Associação de Moradores da Formiga o descaso se arrasta há alguns meses. “No momento em que fizeram a estrada pelo meio, deixaram nossa ponte quebrada nos demonstraram a importância que (não) temos. Queremos que o prefeito aparecesse para nos dar uma satisfação. Estamos há muito tempo buscando diálogo. Desde a época do evento do padroeiro da localidade que nos garantiam uma máquina para trabalho”, disse.

                           Capitão Santos negocia com manifestantes.

Policiais Militares, comandados pelo Capitão Santos mediaram a situação com os manifestantes, porém sem sucesso, e logo após o comparecimento do Procurador Jurídico do município, Adonai Cardoso, que trouxe informe do prefeito solicitando formação de comissão para atendimento em seu gabinete, a pista foi liberada com a condição imposta pelos moradores de que ‘caso não haja solução nesta semana a pista será novamente fechada’, garantiu Daia e seus comandados.

                 Pista foi liberada as 10h42min.

Segundo a Polícia Militar a extensão do engarrafamento foi de 2km paralelos, e o manifesto teve mais de 4hs de duração.
Até o fechamento da matéria não foi informado o extrato da reunião entre moradores e prefeito.