Marcos Medrado foi o único candidato que lembrou de Valença e Baixo Sul no horário político


Livre fez uma pesquisa acerca dos projetos dos deputáveis federais que estão na região do Baixo Sul realizando suas campanhas e constatou que Marcos Medrado (PP), foi o único que na propaganda eleitoral registrou em sua fala o nome do município e da região baixosulense.
Medrado, inclusive é o candidato que mais teve em Valença no período eleitoral, destacando a zona rural que de recebia de forma surpresa a presença do empresário.
Outros candidatos rondam a cidade, como Tia Eron (PRB), apoiada pelo ex-vereador Tácio Lima e pela vereadora Lorena Mercês, a deputada-obreira recentemente envolveu-se em um escândalo com o jornalista Wellingthon Anunpciação, quando seu assessor coagiu o jornalista e foi gravado durante a ação. Também Félix Mendonça (PDT), apoiado pelo advogado Eduardo Monteiro, o deputado recentemente adquiriu um inimigo político, quando barrou a candidatura do vereador Jurandir Almeida, também do PDT, a deputado estadual, na época Jurandir chegou a explanar que foi traído, por ser um forte candidato. Outro que esta na região é Cláudio Cajado, que migrou no apagar das luzes para o Partido Progressista, aliado ao governador Rui Costa, o deputado é apoiado pelo prefeito de Valença, Ricardo Moura (MDB) e tem em sua sombra a acusação da oposição de que votou na reforma trabalhista em troca de negociatas com o presidente Temer (MDB). Jose Carlos Araújo (PR), também votou na reforma trabalhista apresentada pela presidência da república, em Valença é apoiado pelo secretário de Turismo, Frank Roseira, que amarga a rejeição dos comerciantes e trabalhadores da classe turística. Paulo Magalhães(PSD) recebe apoio do secretario Executivo da Prefeitura de Valença, Manoel de Jesus Góes, presidente do MDB local e alguns vereadores, porém buscado em seu projeto ações para Valença, Livre não encontrou.
Confira a propaganda eleitoral, onde o candidato se compromete com a região:

______

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *