Lúcio Vieira Lima falha em reeleição e perde foro privilegiado


Foto: Reprodução/Facebook

Mais votado na eleição de 2014, o deputado federal Lúcio Vieira Lima (MBD) não conseguiu se reeleger e deve perder o foro privilegiado que mantém processos contra ele em tramitação no Supremo Tribunal Federal (STF). O emedebista é acusado pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação criminosa no caso do bunker com R$ 51 milhões, juntamente com o irmão Geddel, a mãe, Marluce, o ex-assessor Job Ribeiro e o empresário Luiz Fernando Costa Filho, sócio da empresa Cosbat.
Lúcio obteve pouco mais de 55 mil votos e ficou na 45ª posição. A Bahia tem 39 vagas na Câmara dos Deputados e a coligação MDB/ DC não conseguiu coeficiente eleitoral para garantir uma vaga, o que poderia leva-lo a permanecer como deputado federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *