E quando a minha unha cair?

Bom dia! Hoje é sexta-feira dia de falar em: PODOLOGIA Vocês sabem o que fazer quando a unha de vocês cairem, por qualquer motivo (batidas fortes, micose, etc)? Bom, a primeira coisa a se fazer é procurar um podólogo, que irá indicar o procedimento certo à ser usado, uma vez que a unha caída deixa … Leia Mais


Os segredos para a boa Convivência: Etiqueta Social

Olá, as regras de hoje são para todos que desejam aperfeiçoar e estreitar sua boa convivência em sociedade. Afinal de contas etiqueta é para todas as classes sociais e independe da cor ou credo religioso. Essas regras que trago hoje são nada mais nada menos que um mix de recortes das principais regras da etiqueta … Leia Mais


Vai lá e faça!

Estamos na era dos fazedores, onde tudo é fácil fazer e está ao nosso alcance. A internet possibilita fazer coisas que até então jugava-se complicado ou difícil e algumas vezes só os especialistas no assunto poderia executa-lo, mas isso mudou, hoje nada é tão complicado que não possa ser tentado, experimentado. Se você não sabe … Leia Mais


Gleisi diz que Senado não tem “moral” para julgar Dilma e gera bate-boca

Uma acalorada discussão entre senadores contrários e favoráveis ao impeachment da presidente afastada, Dilma Rousseff, aconteceu antes mesmo que os parlamentares começassem a ouvir a primeira testemunha de acusação nesta quinta-feira (25), primeiro dia da etapa final do julgamento. Senadores a favor de Dilma apresentavam questões de ordem, questionando o processo. A senadora Gleisi Hoffman … Leia Mais


Cintia Rosemberg inaugura comitê após grande caminhada nas ruas de Cairu

“Hum mil homens podem formar um acampamento, mas é preciso uma mulher para se formar um lar”, citando um dos mais famosos provérbios chineses, Cintia Rosemberg inaugurou seu comitê no último sábado (20). Antes, a candidata peemedebista fez uma caminhada pelas principais ruas de Cairu com centenas de pessoas que entoavam as canções de sua … Leia Mais


Uma carta para Deus


desenho-de-rosa-e-carta-de-amor1Numa determinada manhã de domingo, procurando um pedaço de papel na sacristia da igreja matriz para anotar um número de telefone, chegou em minhas mãos uma carta com letra infantil. Inicialmente pensei em amassa-la ou jogá-la no lixo, pois não era de minha conta ler cartas de pedidos dos fiéis, mas recordo-me que chamou muito a minha atenção o título que começava assim – Uma carta para Deus.
Pois bem, ainda é comum em nossos dias apesar da era do “Watshapp” e do “facebook” escrevermos cartas para familiares que moram longe, mandarmos uma mensagem para alguém especial, solicitarmos por meio de ofícios algo do poder público ou privado, mandar um cartão de aniversário ou de formatura, como crianças escrever pedindo presentes para Papai Noel no natal, esta carta que falei no início era para Deus, e a criança que confiante e cheia de ternura e carinho que escreveu pedia para Papai do Céu, dar tempo para seu pai, para que o mesmo pudesse ter tempo para ficar mais com ele, dando-lhe um pouco mais de atenção.
Os pais tem tempo para o futebol, os pais tem tempo para lavar o carro ou a moto, os pais tem tempo para curtir e farrear com os amigos, os pais tem tempo para jogar baralho ou dominó, os pais tem tempo para trabalhar, os pais tem tempo tudo e porque na maioria das vezes não tem tempo para seus filhos ou sua família? No dia dos pais constituído pelo comércio, muitos presentes, abraços, declarações, e depois o que fica? O verdadeiro dia dos pais, são todos os dias, é de suma importância que pais e filhos se encontrem na mesa do lar que é o santuário da vida e renovem a cada dia a amizade, o amor e a doação recíproca. Na carta achada, a criança pedia a Deus tempo, segundo o comunicador global Pedro Bial, o tempo é interesse! Esta ultrapassada fala de que não se tem tempo para amar, visitar, cativar, encontrar,… consiste numa decepcionante falta de interesse! O caixão fúnebre não deve jamais ser o lugar de declarações amorosas, de afirmações comoventes de que o amor entre filho e pai, bem como pai e filho é sincero. Num momento de dor, de separação entre as criaturas, devemos ter consciência de que as velas se derretem, as flores murcham, mas quem ama jamais se esquece e guarda o seu bom exemplo, respeitando assim a sua memória. O saudoso Paulo Freire afirmava aos professores que são considerados também um pouco de pais, que “ensinar não é transferir conhecimento, mas criar as possibilidades para sua própria produção ou a sua construção”. Em cada filho portanto, a um pouco ou muito de seus pais e devemos perpetuar sempre esta relação construtivista e terna.
Na ciranda da vida, marcada por tantos encontros e desencontros, “a carta para Deus”, também é nossa, já que somos partindo da assertiva bíblica, constituídos imagens e semelhanças do Criador. É realmente um desafio! Trata-se de uma responsabilidade! Um compromisso de nos esforçarmos cada dia a sermos a resposta que a criança, os adultos ou os anciãos esperam de nós. “A carta para Deus”, escrevemos diariamente quando unimos nossas mãos em oração, quando pela caridade e espírito misericordioso, defendemos a ameaçada dignidade humana e a vida do seu início ao seu declínio, combatendo os males sociais do século, o “ter e poder”, que gera o consumismo e ausência de tempo. Escreva também com o pincel da fé, a tinta do amor e o papel que é a sua vida, uma nova história.


A Mulher e sua ascensão


De acordo com pesquisa International Business Report (IBR) – Women in Business, realizada pela Grant Thornton, em 36 países. A presença de mulheres em cargos de CEO aumentou de 5% em 2015 para 11% neste ano.
Segundo a Catho, no Brasil apenas 15,77% das empresas contam com mulheres em cargos de chefia, os baixos índices se repetem quando o levantamento trata das diretorias e das gerências, 13,13% e 23,51%, respectivamente. Essa porcentagem tão desigual em relação ao homem ocorre desde o início dos tempos, onde as mulheres serviam apenas para procriação e cuidar da família.
Muitas lutas foram travadas buscando a igualdade de gênero no mundo, em 1919, Berta Lutz, considerada pioneira no feminismo brasileiro, fundou a Federação Brasileira pelo Progresso Feminino, que lutava pelo voto, pela escolha do domicílio e pelo trabalho de mulheres sem autorização do marido.
Em registro consta que a primeira eleitora foi Celina Guimarães Viana, em 1927. Esta data marca então o começo de uma pequena mudança para o mundo feminino, onde a luta pelos direitos igualitários começaria e não teria mais volta.
Essa luta já dura quase 100 anos e ainda temos muito a conquistar, pois o preconceito e o machismo coloca uma barreira entre homens e mulheres. Várias pesquisas apontam que elas conseguem liderar melhor que o homem, além de qualidades e habilidades especifica que dominam melhor que eles.
No mercado de trabalho ainda ganha menos que o homem exercendo a mesma função, Sheryl Sandberg afirma que em 2010 as mulheres no Brasil recebiam 13% menos que os homens, realidade também vivenciada nos EUA, onde a cada 1 dólar recebido por um homem, a mulher recebia 77 centavos de dólar.
Observando algumas empresas e conversando com mulheres, a queixa é sempre a mesma, que o colega de trabalho não respeita o espaço da mulher, não se preocupa em manter e zelar o ambiente de trabalho, pois existem mulheres na empresa para fazer, e ainda o mais absurdo é ouvir que não confia quando seu líder é mulher, pois ela é fraca, emotiva e não tem o pulso forte de um homem, ou seja, o machismo imperando abertamente.
As próprias mulheres tem preconceito com outras, e isso prejudica ainda mais a luta pela a tão igualdade de gênero. O ideal seria elas se unirem e exigirem seus direitos, não aceitar que o homem decida onde ela deve ficar afinal, lugar de mulher é onde ela quiser. É preciso mudar a frase “atrás de um grande homem existe uma mulher” o certo seria, “ao lado de um homem sempre existe uma grande mulher”.
Somos melhores, dedicadas, organizadas, emotivas, lideres, temos a facilidade de fazer várias coisas ao mesmo tempo, e hoje ser dona de casa é escolha e não opção. A escritora Sheryl Sandberg em seu livro Faça Acontecer diz uma frase que chama atenção “o mundo de fato igualitário seria aquele em as mulheres comandassem metade dos países e das empresas e os homens dirigissem metade dos lares”.
Portanto, vamos nos livrar das barreiras externas e internas e mostrar aos homens que nós mulheres temos o poder de transformar o mundo em um lugar melhor.
Vamos refletir, qual nosso papel na sociedade e qual legado quer deixar para as próximas que viram?

Pense nisso!


Lixar ou não lixar, eis a questão…


Pois é, essa é uma das dúvidas mais frequentes que as pessoas possuem, afinal, ao lixar os pés em casa, têm-se a impressão de que estão fazendo o correto, mas será que estão mesmo?

A resposta é não.

Ao lixarem os pés em casa, normalmente para retirar aquele tecido áspero que temos na região plantar, as pessoas não imaginam o quanto estão agredindo a pele. Pelo contrário, acreditam que estão higienizando o local. O que elas não sabem, é que como consequência, o corpo fabricará um tecido ainda mais áspero naquele mesmo local.

Ou seja, o mais correto é que os pés sejam lixados durante uma sessão de tratamento tradicional com um podólogo, que irá saber manusear a lixa e passá-la nos lugares certos, sem causar futuros incômodos.
remocao_calosidade3

Imagem4

Caso você queira melhorar o aspecto do seu pé, ou a aspereza dele, basta esfoliar com um produto de qualidade, vendido em perfumarias ou preparar o seu esfoliante caseiro.

Para fazer o esfoliante caseiro para as mãos e pés será necessário:

– Uma colher de sopa de mel;
– Três colheres de sopa de açúcar cristal;
– Uma colher de sopa de óleo de amêndoas;
– Três colheres de sopa de hidratante (de sua preferência).

PREPARO E APLICAÇÃO:

Misture todos os ingredientes em um recipiente plástico, deixando ela homogênea.  Enquanto isso faça um escalda pés com água morna por um período de dez minutos. Seque os pés com uma toalha e aplique a mistura, massageando a área dos pés com movimentos circulares. De uma atenção especial aos calcanhares, pois a pele é mais grossa.

Quando retiramos a camada superficial das células mortas da epiderme deixamos a pele mais lisinha e macia. Depois da esfoliação hidrate bem a sua pele.

Lembrando que este esfoliante caseiro é indicado para ser utilizado tanto nas mãos e como nos pés.

Porém outras regiões do corpo como os cotovelos e joelhos, onde a pele é mais grossa também podem receber o esfoliante.


Como comportar-se a mesa: O uso dos talheres


Apesar de ser algo muito simples, sentar-se à mesa e usar os talheres diante de muitas pessoas, parece uma tarefa quase que massacrante. “São muitos talheres”, “Como se come esse peixe?”, “Onde coloco esse guardanapo?” Essas são apenas algumas das duvidas mais comuns que tornam o ato de comer algo muito complexo. Já ouvi relato de pessoas que recusaram convites de jantar simplesmente por temerem erra no uso dos talheres.
Para inicio de conversa, vamos conhecer a organização dos talheres à mesa:
prato1 – Prato de jantar ou prato de serviço (será substituído à medida que os outros pratos forem servidos);
Do prato de jantar para a direita, respectivamente: faca de jantar (7), faca de peixe (6), colher de sopa (5).
Do prato de jantar para a esquerda, respectivamente: garfo de jantar (4), garfo de peixe (3), garfo de salada (5).
Do prato de jantar para cima, respectivamente: garfo e colher de sobremesa (10 e 11)
A diagonal a esquerda: Prato e faca de couvert (8 e 9)
A diagonal a esquerda: Taças de água (13), vinho branco (13) e vinho tinto (14).

Obs.: pode haver uma taça de champanhe, e essa ficará após a taça de vinho tinto.

A regra diz que você deve começar usando os talheres que estão mais distantes dos pratos, ou seja, de fora para dentro. Se surgir alguma duvida na hora de usar, observe o anfitrião. Evite imitar muito alguém, pois o mesmo poderá estar cometendo gafes e você também.
Assim que sentar-se coloque o guardanapo de tecido no colo, se for de papel fica ao lado do prato a direita. Quando se levantar, não dobre o guardanapo, coloque-o gentilmente sobre a mesa a sua direita.
Para comer, existem duas maneiras de se manejar os talheres:
Assim que sentar-se coloque o guardanapo na camisa tipo babado ou fiação
Estilo americano: Corta-se o alimento com a faca na mão direita e e o garfo na mão esquerda. Apoia-se a faca no canto superior direito no prato e com a mão e om a mão direita leva-se a boca com os dentes voltados para cima.
Estilo europeu: Corta-se com a faca na mão direita e o garfo firmado nos alimentos, permanece na mão esquerda levando a boca com os dentes voltados para baixo. Ao final os talheres devem ser colocados no centro do prato com os cabos para baixo e os dentes do garfo para cima e o corte da faca para dentro, ou à direita, da mesma maneira.
Quando precisar descansar os braços sob a mesa, apoie suavemente os pulsos sobre a mesa. Em algumas situações pode-se até apoiar os antebraços. Cotovelos sobre a mesa, jamais!
Se a toalha de mesa for estampada, pede louças mais lisas e com menos detalhes e vice-versa.
Se utilizar jogos americanos, estes devem ser colocados diretamente na mesa, jamais sobre a toalha.
Nos jantares em casa, ofereça sempre um vinho de qualidade aos seus convidados.
Os arranjos de mesa devem ser pequenos para não impedir a comunicação visual entre as pessoas.
Seguindo essas dicas com certeza você irá se sair bem em qualquer jantar, seja qual for a ocasião. Fique ligado nas minhas próximas dicas.

Até lá!

123

 

 


Murione Icó, uma secretária diferente


DSC00114
 Murione em discussão com a comunidade

Quem acessa as dependências da secretaria municipal de Saúde se depara com a presença constante da Srª Murione Icó da Silva, nutricionista por formação e atual secretária de saúde.
Sempre antenada as demandas dos usuários do sistema de saúde, a secretaria vai além e não deixa a imprensa sem respostas com demandas relativas à sua pasta.
“Estou sempre antenada, ligada nos 220 watts, tenho respeito pelos meios de comunicação, como agente pública tenho a obrigação de enviar imediatas respostas ao povo valenciano que de nós precisa”, disse a secretária.
Murione ainda explana para a equipe de Livre que tem efetuado algumas ações em prol da qualidade da oferta de serviço para funcionários dos postos de saúde. “Temos que sempre atualizar nossos colaboradores, a fim destes estarem conectados com as atualizações do Sistema Único de Saúde, não vamos fazer 100%, afinal ninguém faz, mas com certeza estamos fazendo tudo para agradar nosso público”, relatou.