Discussão Livre – A corrupção no Brasil

Sem dúvida, nos dias atuais, a grande maioria da população brasileira já ouviu falar em corrupção, e, já se indignou com a divulgação dos inúmeros casos desse “crime” sem tamanho que é cometido no país e que atinge diretamente as classes trabalhadoras e menos favorecidas. Ocorre que no seu sentido literal, corrupção é o ato … Leia Mais


Valença: Fizeram ‘vaquinha’ e reformaram ponte na zona rural

Despesa de R$3 mil foi arcada pela comunidade da Formiga Cansados de esperar, moradores recuperaram por conta própria uma ponte danificada, localizada no distrito do Bonfim, povoado da Formiga, 20 quilômetros de Valença. As precárias condições da travessia após o desabamento estariam impedindo o tráfego de veículos no local e fazendo com que residentes do … Leia Mais


Valença: Santa Casa de Misericórdia suspende serviços

Diante da redução significativa de insumos frente a greve nacional de caminhoneiros, que reivindicam direitos ao governo federal, a Santa Casa de Valença anunciou através de sua assessoria de comunicação a suspensão de serviços como Banco de Sangue e cirurgias eletivas. Ficam mantidos os atendimentos de urgência e emergência, incluindo os obstétricos, que receberão o … Leia Mais


Com Babado Novo, Parada Gay de Valença acontece amanhã

Ocorre amanhã (27) a nona edição da Parada do Orgulho LGBTS de Valença. A concentração começa às 14h na Orla Marítima da cidade. A marcha deste ano conta com o tema “Nós LGBT’s repeitamos, respeitem-nos”. Para Evilásio Reis, presidente do Grupo Gay de Valença (GGV), os dados elevados de homofobia, faz com que a necessidade … Leia Mais


Valença: Menor é vítima de tentativa de homicídio

Um adolescente de dados ignorados, deu entrada no início da noite deste sábado no pronto socorro da Santa Casa de Misericórdia de Valença, vítima de disparos de arma de fogo. A vítima, de 17 anos, que transitava pelas ruas do Centro da cidade de Valença, no Baixo Sul, foi alvejada no pescoço e no braço … Leia Mais


Ituberá: Professores ameaçam paralisação por tempo indeterminado


Professores tiveram cortes salariais após 6 dias de paralisação

A coordenação do núcleo do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (APLB) de Ituberá, através da coordenadora local Elucivalda Reis e a tesoureira Daniela Bulcão, denunciaram a Livre a situação, considerada caótica, da área da educação no município.
Segundo Elucivalda, após veementes cobranças realizadas, a gestão enviou uma proposta considerada desproporcional, sendo respondido pela categoria da não aceitação, os representantes do poder executivo municipal não prestaram satisfação a APLB causando desconforto aos profissionais.

                     Daniela e Elucivalda são representantes da APLB no município.

Entre as queixas, as principais são o não entendimento da postura da secretaria da educação, que cortou salários nos 6 dias de parada da classe e a informação de que o salário seria utilizado para reforma de colégios.
“Não vemos a aplicação eficiente destes valores, estamos preocupados tanto com a qualidade da educação, quanto com a garantia do direito dos profissionais, que esta abalada por uma gestão que não pensa no próximo”, bradou a coordenadora.


Secretaria de Educação rebate
O secretário da Educação, Victor Gama, em contato com Livre informou que o poder executivo concedeu proposta de ajuste de acordo ao piso salarial nacional para o nível 1- chamado de especial no município, e para os níveis 2 e 3 aumento de 4%.
Questionado sobre os descontos ocorridos pela parada de 6 dias realizadas pelos professores, o secretário que é advogado defendeu a tese informando que o corte nos salários é um ato jurisprudencial e garantiu que as aulas sendo repostas pelos profissionais que os salários retornarão as suas contas.
O secretário ainda afirma que em caso de greve, os salários serão novamente cortados, até que as aulas sejam repostas.
No entendimento do secretário existem conflitos pessoais contra a prefeita Iramar Costa (MDB). “Não entendo que exista política. Receio que seja ultrapassada a busca pelos direitos trabalhistas através de uma questão pessoal contra a figura da prefeita”, defendeu Victor.


Salvador: Estação Aeroporto do metrô é entregue à população


Ação do Governo do Estado promove garantia da política pública da acessibilidade e mobilidade

Fim de linha, literalmente. Soteropolitanos e turistas já podem desembarcar na Estação Aeroporto, que integra a linha 2 do Sistema Metroviário Salvador/Lauro de Freitas e foi entregue pelo governador Rui Costa, nesta quinta-feira (26), quando entrou em operação. Com a inauguração do equipamento, o metrô totaliza 33 quilômetros de extensão, somando as duas linhas. A implantação do modal recebeu recursos da ordem de R$ 5,6 bilhões, incluindo as obras complementares, como estações, passarelas, ligações viárias, terminais de ônibus, entre outras que integram o sistema.

                                              Governador comemora inauguração com aliados.

Acompanhado da primeira-dama, Aline Peixoto, secretários de Estado e outras autoridades, o governador falou sobre a entrega da última estação da linha 2. “Esse projeto é exemplo de um modelo novo de fazer obra pública. Fico orgulhoso do nosso metrô ter se tornado referência nacional e internacional, pela sua estrutura licitatória e pela inovação. Mesmo tendo a vigésima receita per capita do Brasil, A Bahia hoje é o estado que mais investe em mobilidade urbana no país”, declarou.
Na ocasião, Rui Costa adiantou informações sobre a continuidade das obras da linha 1. “Em maio, iremos publicar a licitação das obras de mais cinco quilômetros de extensão e de duas estações do metrô, partindo da Estação Pirajá, seguindo para a região da Brasilgás, na BR-324, e próximo à área onde será a nova rodoviária, em Águas Claras/Cajazeiras, que deverão ser concluídas em 24 meses”, anunciou Rui Costa.
Estação AeroportoCom capacidade para 17 mil passageiros por hora, a nova estação dá a Salvador o título de uma das três capitais brasileiras a ter um metrô ligando o centro da cidade ao aeroporto – São Paulo e Recife completam o trio. Só para se ter ideia, com a inauguração do equipamento, será possível ir da Lapa até o Aeroporto, em 35 minutos, ou partindo da região da rodoviária, em pouco mais de 20 minutos.
“Um sonho realizado para Salvador e Lauro de Freitas. Dos 26 estados e Distrito Federal, somos o terceiro a ter o aeroporto interligado ao Centro por metrô. É uma vitória de todos”, comemorou o titular da Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Estado (Sedur), Demir Barbosa.

Estrutura
São mais de 9,1 mil metros quadrados de área construída vigiados por 139 câmeras de segurança interligadas ao Centro de Controle Operacional da CCR Metrô Bahia, concessionária que forma uma Parceria Público-Privada (PPP) com o Governo do Estado, e é responsável pela operação do modal. Completam a estratégia de segurança rondas dos agentes de atendimento e segurança, e iluminação em LED.
Ainda compõem a estrutura da Estação Aeroporto sanitários, dois bicicletários com um total de 108 vagas, quatro escadas rolantes, dois elevadores, além de piso tátil e sinalização em braile nos corrimãos, atendendo às normas técnicas de segurança e acessibilidade.

Moradora do bairro de Itinga, em Lauro de Freitas, a dona de casa Maria Rosa é só elogios ao metrô. “Eu uso o metrô para fazer feira em São Joaquim e comprar na Avenida Sete, e ele chegando em Lauro de Freitas ficou ainda melhor. É menos tempo no trânsito e isso significa mais segurança. Sou bem tratada por todos os funcionários. Dá gosto de usar esse transporte”, comentou.
A servidora pública Jacira Chaves concorda com dona Maria Rosa. “É uma mão na roda. Vou conseguir chegar ainda mais rápido no trabalho e sei que com os possíveis aumentos das linhas a tendência é melhorar ainda mais”.

Integração
A região do Aeroporto vai contar ainda com mais três estruturas que irão facilitar a vida dos usuários do metrô. Para transitar entre a nova estação e o aeroporto, os usuários irão contar com ônibus exclusivos da CCR, sem custos adicionais para os passageiros, com saída de 10 em 10 minutos.
Os ônibus são totalmente acessíveis para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida, e contarão com ar-condicionado, assentos preferenciais, espaço exclusivo para até 16 malas grandes ou 32 médias, câmeras internas de monitoramento, e capacidade para 75 passageiros – 19 sentados e 56 em pé. MetrrHá ainda um terminal de integração de ônibus, similar ao já inaugurado em Pituaçu, que deverá ser entregue à população em julho, e uma passarela de ligação com 395 metros de extensão e capacidade para atender um fluxo de nove mil pedestres por hora, também entregue pelo governador, junto com a nova estação, que vai funcionar no mesmo horário de todo o sistema, das 5h à meia-noite, inclusive nos feriados e finais de semana.
Para melhorar a operação de integração nos pontos, o viaduto para acesso a Lauro de Freitas terá a quarta faixa exclusiva para coletivos, com vistas a facilitar o acesso aos pontos de ônibus para integração com a nova estação.


Taperoá: Racha político na prefeitura do município


Após a circulação da polêmica foto onde o prefeito Rosival Lopes (DEM), e sua comitiva formada por parte de membros do PT de Taperoá, do deputado federal Nelson Pelegrino (PT) e o ex-deputado Luís Alberto (PT), na última segunda (16) no gabinete do Governador Rui Costa, o vice-prefeito Ticiano Mattos, também registrado na fotografia, apresentou os deputados federal Félix Mendonça (PDT) e estadual Alan Sanches (PDT), diferentes dos já apadrinhados pelo prefeito.

                                    Pelegrino levou Lopes ao Governador Rui Costa.

Segundo publicação em sua página da rede social facebook, Mattos não fez parte de nenhum acordo com o governador e com os pré-candidatos ao cargo de deputados estadual e federal, isso porque a reunião ocorreu de porta fechadas e os membros da comitiva ficaram do lado de fora.

Ticiano apresentou Félix Mendonça e Alan Sanches como candidatos.Sanches foi um dos grandes apoiadores da campanha de Rosival em 2012.

“Após a reunião de portas fechadas fomos chamados eu e demais membros da comitiva para os comprimentos ao Governador. Deste modo, esclareço, que não tive sequer a oportunidade de expressar meu apoio a ele, se caso fosse. Lá dentro o ambiente foi de solenidade para marcar a audiência, cumprimentos e fotos”, escreveu Mattos, que confessou nunca ter votado no PT, ainda demonstrando compreensão as conveniências do prefeito Rosival.
Deste modo, a pergunta é: as lideranças que comandam a prefeitura de Taperoá polarizarão a eleição nas esferas estadual e federal?
O prefeito Rosival anda tentando, a todo custo, levantar-se e fazer gestão, mas não agrada a comunidade que declara confiar mais em seu vice, ou exibe sentimentos de saudade ao ex-prefeito Antônio Brito – o Toinho o Banco (PT).
Para finalizar o desabafo, que causou comentários nas rodas de conversa, Mattos ainda escreveu que estava desmitificando o ‘vira casaca’ e pontuou que tinha linha.

Rejeitado

Em recente enquete feita através de redes sociais, com 146 votantes, o prefeito teve sua imagem e gestão classificados como péssimos. O último desgaste enfrentado pelo democrata foi o anúncio de recuperação de mais de 140km de estradas vicinais e logo em seguida um grupo de estudantes postarem nas redes sociais a impossibilidade dos veículos de transporte escolar transitarem na zona rural.


Valença: “Esta casa esta avacalhada”, diz vereadora Lorena Mercês; áudio


Na última sessão da Câmara de Vereadores, nesta terça (17), a vereadora Lorena Mercês (PRB), classificou a casa de leis e fiscalização do município como avacalhada.
Segundo Lorena falta atenção do prefeito Ricardo Moura (MDB) com a pauta da casa, marcação de agenda com os edis entre outros tem demonstrado a falta de respeito com a vereadora e posteriormente com a casa. Para Livre, Lorena disse que tem orado muito por Valença e teme que ‘a coisa degringole’.
Os vereadores não realizaram nenhum discurso de contraponto a fala de Lorena, para entendedores políticos, houve concordância a fala da edil.

Lorena diz que não desistirá de marcar a audiência com o prefeito Ricardo Moura. Foto: Redes Sociais.

Consórcio Público de Saúde discute em reunião destinos da Policlínica do Baixo Sul


Na última quarta-feira, (11/04), prefeitos dos 15 municípios componentes do Consórcio Público de Saúde do Baixo Sul, reuniram-se no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas de Valença a fim de tratarem de detalhes para inauguração da Policlínica Regional de Valença, que já esta com sua obra em mais de 70% avançadas. A instituição e a dirigência do Consórcio funcionará na antiga sede do Centro Social Urbano (CSU), cedido pelo Governo do Estado.

                           Prefeitos reunidos. Foto: Valdemir Lima. Ascom-PMV

O coordenador dos Consórcios de Saúde, Nelson Portela, coordenou as atividades ao lado do prefeito de Gandu, presidente do Consórcio, Leonardo Cardoso – o Léo de Neco (PP), que tiveram como objetivo discutir a adesão do município de Itaparica ao Consórcio; aprovação de um aditivo ao estatuto por conta dos cargos de pessoal e do salário dos médicos que sofreram reajustes; além dos subsídios da Policlínica Regional que será rateado entre os municípios que fazem parte do Consórcio, logomarca da instituição e indicação de cargos para ocupação das diretorias disponíveis.
Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab), tanto a divisão dos custos, quanto a oferta dos serviços da Policlínica serão relativos à população de cada município consorciado. A Policlínica
disponibilizará equipamentos de Eletroencefalográfico, Eletroneuromiógrafo, Ultrasonografo, Mamógrafo e Ressonância. Serão ofertados na Policlínica exames de Cardiologia, Mapa, ECG, Cirurgia Geral (biopsias) Ecocardiografia, Holter, Ergometria, Gastroenterologia, Endoscopia digestiva, Colonoscopia e Angiologia.
A secretária de Saúde
do município de Valença, Jeanine Fonseca, destacou a importância do empreendimento para os munícipes do Baixo Sul. “Os atendimentos disponibilizados pela Policlínica tornará melhor a qualidade no atendimento, tendo em vista que o deslocamento em busca de algumas especialidades será ofertado no próprio município colocando assim um ponto final no sofrimento da comunidade valenciana, que sai na madrugada em busca destes atendimentos na capital baiana”, pontuou.