Igrapiúna: Teria o prefeito Leandro abandonado o município?

A suposta mudança de residência do prefeito Leandro Ramos (PSB), de Igrapiúna, para outra cidade da Bahia, tem causado polêmica entre os eleitores do município. De acordo com uma denúncia de um morador que pediu anonimato, o gestor estaria morando fora por conta da violência na região. Mas segundo o vereador Neu (PMDB), único oposicionista … Leia Mais


Valença: Distrito de Serra Grande ganha Delegacia de Polícia

A Prefeitura de Valença, em parceria com o Governo do Estado e as Polícias Civil e Militar, inaugurou na tarde da última quinta-feira (17.03), a Delegacia de Polícia do distrito de Serra Grande. A solenidade de inauguração contou com a presença do prefeito Ricardo Moura, do vice Humberto Malheiros, dos vereadores Luiz Carlos, Mateus Passos … Leia Mais



“A prevenção na segurança pública passa pela educação”, afirma Rui

A importância dos investimentos na infância e na adolescência para prevenir problemas na área da segurança pública foi destacada pelo governador Rui Costa durante a terceira reunião da Caravana do Pacto pela Vida no interior do estado, realizada nesta segunda-feira (20), em Eunápolis, no extremo sul da Bahia. O planejamento da segurança pública, com foco … Leia Mais


Alvo de operação Carne Fraca é preso no aeroporto de Guarulhos


O gerente de Relações Institucionais e Governamentais da BRF, Roney Nogueira dos Santos, foi preso na madrugada deste sábado (18) pela Polícia Federal ao chegar ao Aeroporto de Guarulhos, informou a assessoria da BRF. Ele estava na África. A assessoria da BRF não informou para onde ele foi levado ao ser detido. A PF ainda não se pronunciou sobre a prisão.
Roney é alvo de prisão preventiva e teve o mandado expedido nesta sexta-feira (17) pela Operação Carne Fraca. Ele é acusado de atuar para influenciar nas decisões dos fiscais do ministério da Agricultura.
A operação investiga fraudes em vendas de carne. Segundo a PF, fiscais do Ministério da Agricultura recebiam propina para liberar licenças sem realizar a fiscalização adequada nos frigoríficos.
Segundo a investigação, eram usados produtos químicos para maquiar carne vencida, e água era injetada nos produtos para aumentar o peso. As carnes irregulares eram vendidas no Brasil e no exterior. Há também casos de papelão em lotes de frango e carne de cabeça de porco em linguiças.
Ao todo, 22 empresas são investigadas na operação, das gigantes JBS e BRF – que controlam marcas como Seara, Perdigão e Friboi – a frigoríficos menores como Master Carnes, Souza Ramos e Peccin. As autoridades não detalharam quais cometeram as irregularidades citadas. As empresas afirmam que estão colaborando com as investigações e negam adulteração em seus produtos.

BRF

Em fato relevante divulgado à CVM (Comissão de Valores Mobiliários), a BRF também disse que está colaborando com a operação. A companhia destacou que cumpre normas e regulamentações na produção e venda de seus produtos, possui processos de controle rigorosos e não compactua com práticas ilícitas.
“A BRF assegura a qualidade e a segurança de seus produtos e garante que não há nenhum risco para seus consumidores, seja no Brasil ou nos mais de 150 países em que atua”, disse.
Além de Roney dos Santos, o diretor da BRF André Luis Baldissera também á alvo de prisão preventiva.
Um membro da alta cúpula da BRF teve mandado de condução coercitiva e de busca e apreensão aprovados pelo juiz. José Roberto Pernomian Rodrigues é diretor vice-presidente Legal e de Relações da BRF e um dos oito membros da diretoria executiva.

operacao-carne-fraca-v3
Via G1

Taperoá: Após 3 anos, lixo hospitalar é retirado do Hospital Iomar Meireles


0fde5ea4-6587-45f2-970d-18bcfd9c2476
Drª. Aline Muniz se viu aliviada mediante o descarte do perigoso material.

O lixo Hospitalar descartado de qualquer forma, pode causar sérios danos à saúde humana e ao meio ambiente. Entre os riscos que esse material oferece, está a contaminação por doenças infectocontagiosas, como a AIDS, causada pelo vírus HIV, e Hepatite, por esse motivo, o descarte e o tratamento adequado desse material é tão importante. E na tarde da última quarta-feira(15), foi coletado o lixo hospitalar que estava armazenado há 3 anos na Liga de Assistência Médica no centro de Taperoá. Ao todo foram coletados cerca de 52 bombonas só na Liga, e hoje(16), a coleta será realizada no Hospital Municipal Iomar Meireles. Segundo a Secretária Municipal de Saúde, Aline Muniz, no início da atual gestão, foi realizado um levantamento específico das medições desses resíduos, e havia material descartado desde 2014.
A coleta desse material está sendo realizada por empresa especializada em coleta de lixo hospitalar e resíduos sólidos. Esses materiais são transportados em um caminhão baú (diferente do que é usado para a coleta do lixo domiciliar) e levados pela empresa para serem incinerados de maneira correta, e em local apropriado.

56d6ecf8-3771-45df-b3fb-13d3e0894f1a
Funcionário da empresa, devidamente protegido removendo os materiais para as bombonas e lacrando.

A equipe de Livre acompanhou a coleta, e percebeu que pela aparência e cheiro fétido de alguns resíduos, a saúde de vizinhos do entorno estaria comprometida.Inclusive atraindo a presença de animais nocivos.
Questionados por Livre, sobre a demora para a retirada deste material, a equipe da secretaria de Administração informou que haviam processos legais a serem seguidos para a contratação da empresa, efetivação de empenho e pagamento.

*Com informações de Frederico Rocha/ Ascom Taperoá.


Valença: CMDCA elege dirigentes em assembléia


IMG_0096
Membros do CMDCA e equipe da secretaria de Promoção Social.

O Conselho Municipal dos Diretos da Criança e do Adolescente (CMDCA) de Valença apresentou nesta segunda-feira (13) a composição da nova diretoria e representantes de entidades governamentais e não governamentais.
Como presidente Gilvan Araújo, assume pela primeira vez a função, Vinícius Porto será vice-presidente e como secretária do Conselho, Aítala Assis.
A secretária municipal da Promoção Social, Margareth Moura, disse que muitas conquistas estarão sendo inseridas nas causas da pauta da causa da criança e adolescente e afirmou que terá o maior prazer em impulsionar o Conselho para trabalhar e fiscalizar.
Os membros das entidades componentes do Conselho, após a posse, já articularam a próxima reunião e pautearam as temáticas que serão discutidas e deliberadas.


Câmara de Cairu aprova Reda para o setor da saúde


A Câmara Municipal de Cairu abriu oficialmente, no último dia 3 de fevereiro, os trabalhos legislativos para este primeiro período da nova legislatura (2017/2020). O  presidente da Casa, vereador Abdon Abdala Ché (PR), reafirmou o compromisso de trabalhar para manter a harmonia e aprimorar ainda mais a relação com o Poder Executivo.
Na pauta, projetos de autoria do Poder Executivo foram votados em regime de urgência. O mais importante, PL 436/2017, tratou da criação de cargos temporários para o Reda (Regime Especial de Direito administrativo).
Exigindo que o processo seletivo seja transparente, até mesmo a bancada de oposição votou favoravelmente ao projeto. Está previsto o preenchimento de 92 vagas no âmbito da Secretaria Municipal da Saúde.
Serão contratados profissionais para cargos como condutor de embarcação, condutor de ambulância, agente de saúde, vigilante, recepcionista, dentre outros.
Já o PL 437/2017, que propunha o remanejamento de R$ 250 mil do orçamento da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Sustentável para a recém-criada Secretaria da Juventude, foi aprovado em segunda votação, em sessão realizada no dia 7 de fevereiro.
unnamed-e1489152345824

 


Brasília: Deputado Hildécio Meireles articula, e Ministro da Educação, Mendonça Filho, reúne-se com prefeitos e gestores da Educação do Baixo Sul


fbaacc96-8ac3-4759-bd9a-0423a4f12b29
Hildécio encaminhou também a prefeita de Ituberá, Iramar Braga.

Dando continuidade a agenda da ‘comitiva Baixo Sul’, em Brasília, e conforme adquirido através de contato do deputado Hildécio Meireles (PMDB), com a presidência da República, na tarde desta quarta (08), ocorreu encontro dos prefeitos e gestores municipais de Educação com o Ministro, Mendonça Filho, da Educação.
No encontro o deputado levantou um diagnóstico detalhado de todas as obras que esses municípios têm convênios com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).
Algumas obras estão paralisadas, canceladas, em licitação, planejadas pelo proponente e em outros estágios. Esses relatórios foram elaborados pela assessoria do legislador e entregue aos prefeitos/gestores de Educação para que durante a audiência pudessem ter contato e cobrança direta do Ministro.
Houveram atendimentos individualizados para cada prefeito/gestores de educação, a fim de destravar as obras, obterem recomendações de adoção de providências urgentes a fim de garantir a continuidade dos benefícios e que os prefeitos possam reformular o Plano de Ações Articuladas do FNDE/MEC, para aquisição de novos convênios e outros até 2019.
“Fizemos um minucioso e atencioso levantamento e constatamos creches, escolas, creches, quadras esportivas cobertas, cobertura de quadras, ônibus escolas, equipamentos escolares e outras aberturas para aquisições dos municípios”, comemorou Meireles.