Cairu: “Esta conta não é minha. Eu não estava aqui”, diz vereador para seus pares em votação de contas rejeitadas do prefeito Fernando Brito


Keninho gesticula e diz que se votar em favor de Fernando a culpa é dos colegas vereadores. Foto: Livre Noticias

Na sessão da Câmara de Vereadores de Cairu, no Baixo Sul do estado, nesta sexta (14), o vereador John Kennedy Silva Ché – o Keninho (PTC) fez uma declaração considerada absurda pela população cairuense presente na plenária da casa.
O edil declarou que as contas do prefeito Fernando Brito (PSD), do exercício de 2016, rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), não eram da responsabilidade dele.
“Essas contas é de vocês, não é minha não. Eu não estava aqui. A culpa é de vocês (vereadores). Se eu votar com Fernando Brito a culpa é de vocês. Não tenho nada a ver com estas contas”, declarou o vereador se eximindo da responsabilidade de analisar com mais detalhes as contas.
O vereador em meio ao discurso, que deixou os membros da oposição revoltados, ainda declarou que a visita do prefeito a Câmara minutos antes da sessão, não foi para nenhum acordo com ele.

Controvérsia
O vereador Antonio Costa Damascena – o Pikui (MDB), fez recordação para a plenária acerca da fala de Keninho, quando declarou que seguiria o enviado pelo TCM. “Vossa Excelência se recorda que declarou aqui nesta casa que seguiria o parecer do TCM. Mudou o discurso? Queria apenas ajudar-lhe nesta lembrança”, lembrou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *